Coronavírus em SC – Criciúma intensifica fiscalização sanitária

As fiscalizações realizadas no fim de semana em Criciúma apontaram uma adesão de 90% dos locais vistoriados ao decreto municipal apresentado na última quinta-feira (25), no combate à Covid-19. Dos 30 estabelecimentos visitados, apenas três não cumpriam as normas sanitárias exigidas e foram interditados.

Os números das ações agradaram o coordenador da Vigilância Sanitária de Criciúma, Samuel Bucco. “O resultado foi bastante positivo, com a maioria dos estabelecimentos conseguindo se adaptar às regras estabelecidas pelo decreto municipal. Queríamos que não fosse necessário o fechamento de nenhum deles, mas a adesão de boa parte já nos agradou muito”, destacou.

Bucco reforçou ainda que a fiscalização seguirá acontecendo na cidade e que o decreto será cumprido. “As ações continuam sendo desenvolvidas, tanto individualmente pelas instituições que integram o Grupo de Trabalho, como em conjunto com operações específicas para fiscalizar determinados segmentos econômicos”.

As ações do fim de semana contaram com o trabalho em conjunto da Vigilância Sanitária, Diretoria de Trânsito e Transporte (DTT) de Criciúma, Defesa Civil, Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar. Denúncias sobre descumprimento de decreto podem ser feitas no telefone da Defesa Civil, no 199.

Nesta semana um número de WhatsApp será disponibilizado para denúncias por 24h. A ferramenta auxiliará no trabalho de fiscalização, no combate e prevenção à Covid-19.

Eleitores de dois municípios catarinenses voltam às urnas em março de 2013

Os eleitores dos municípios catarinenses de Balneário Rincão e Criciúma voltarão às urnas no dia 3 de março de 2013 para a escolher os futuros prefeitos e vice-prefeitos. A decisão foi definida ontem (27) pelo Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC). O presidente em exercício do TRE-SC, desembargador Eládio Torret Rocha,  disse que a decisão foi tomada com base na Lei da Ficha Limpa.

Nos dois municípios, os candidatos que obtiveram mais de 50% dos votos válidos foram considerados impedidos para tomarem posse. Nas eleições de outubro, venceu o pleito em Balneário Rincão, Jairo Celoy Custodio (PMDB), que obteve 100% dos votos. Em Criciúma, a vitoriosa foi Romanna Remor (PMDB), que conseguiu 80,93% dos votos.

Até as eleições de março, os presidentes das câmaras de vereadores dos municípios assumirão interinamente a partir de 1º de janeiro. O desembargador disse ainda que em mais cinco municípios catarinenses os candidatos eleitos concorreram sub judice, indicando que novas eleições podem ocorrer também nesses locais.

Além de Balneário Rincão e Criciúma, os cinco municípios catarinenses onde os eleitores poderão voltar às urnas são Benedito Novo, Campo Erê, Ponte Serrada, Tangará e Videira. No caso dessas cidades, se o TSE reformar a decisão e deferir os registros, os candidatos estarão eleitos. Caso venha a manter o indeferimento, será necessária também a realização de novas eleições.

O presidente em exercício do TRE-SC acrescentou que será iniciado o processo de organização das eleições suplementares nos municípios, promovendo convenções partidárias, pedidos de registro de candidaturas, eventuais impugnações e definição de tempo de propaganda eleitoral. Segundo ele, são necessários 50 dias para a organização.

Da Ag. Brasil