Petrobras patrocina Festival de Dança de Joinville

Com o patrocínio da Petrobras, o 30º Festival de Dança de Joinville será realizado entre os dias 18 e 28 de julho. O evento contará com seis mil participantes e 220 horas de espetáculos apresentadas para aproximadamente 200 mil pessoas. Além dos espetáculos serão oferecidas cerca de 1800 vagas em cursos, oficinas, seminários de dança, fóruns e workshops destinados a estudantes e profissionais de dança que buscam se aprimorar.

Ao longo dos onze dias do festival o público poderá assistir às mostras competitivas no Centreventos Cau Hansen e no Teatro Juarez Machado, onde também acontecem as noites especiais na abertura e encerramento do evento. Para comemorar as três décadas de sucesso, a Noite de Abertura, terá a participação das bailarinas Ana Botafogo e Cecília Kerche que, juntamente com a Escola de Teatro Bolshoi, apresentam o clássico “Raymonda”. O encerramento do festival será um espetáculo inédito – criação coletiva de 15 grupos brasileiros – que fará uma homenagem às diversas gerações de bailarinos que passaram pelos palcos de Joinville.

Como parte dos eventos paralelos que marcam os trinta anos do festival serão lançados vários produtos comemorativos entre eles a criação do clube de sócios do festival, a produção de um livro e um documentário sobre o “maior festival de dança do mundo”, o lançamento do Guia do Festival em versão para tablet e smartphones e a Calçada da Fama que será inaugurada no Centreventos Cau Hansen para homenagear os bailarinos premiados ao longo das trinta edições.

Dança para todos
Uma das características do Festival de Joinville é a preocupação com que todos tenham acesso aos espetáculos. É por isso que, além dos palcos tradicionais, são realizados espetáculos gratuitos em espaços alternativos. Este ano o público vai contar com três tipos de programação gratuita: os Palcos Abertos – espaços não convencionais como praças, shoppings e hospitais – que este ano serão estendidos a outras cidades da região como Blumenau, Jaraguá do Sul e Pomerode; a Rua da Dança montada na Estação Memória e o Encontro das Ruas – direcionado para a cultura urbana, dança de rua, hip hop.

Outra preocupação do festival com a inclusão de todos os públicos é o anúncio dos serviços e recados institucionais antes dos espetáculos na Linguagem Brasileira de Sinais e a confecção do guia do festival em braile. O guia, que está na segunda edição, estará disponível no Centreventos e em outros pontos da cidade.

Sobre o Petrobras Cultural
O Festival de Dança de Joinville é projeto convidado do Programa Petrobras Cultural, programa criado pela Petrobras há oito anos e através do qual foram destinados R$ 168 milhões para a cultura em 2011.

Serviço:

Data: de 18 a 28 de julho

Local: A programação estará espalhada em diversos lugares da cidade, além dos palcos principais no Centreventos Cau Hausen e Teatro Juarez Machado Joinville (SC). Outras informações sobre o evento podem ser obtidas pelo site www.festivaldedanca.com.br ou pelo telefone (47) 3423-1010 e também através dos aplicativos para tablets e smartphones.

Dança invade a cidade e shoppings em Joinville (SC)

O maior festival de dança da América Latina também vai estar no Joinville Garten Shopping. Um Palco Aberto oficial vai promover apresentações dos grupos selecionados para a trigésima edição do Festival de Dança de Joinville. Os espetáculos começam dia 19, quinta-feira, em três horários: das 12h30 às 13h30, das 16h30 às 17h, e das 18h30 às 19h30. Além de efetuar compras, ir ao cinema, fazer aquele lanche gostoso, almoçar ou jantar, a comunidade ainda poderá apreciar apresentações de dança de qualidade com uma estrutura especial montada para o evento.

A grande novidade para este ano é o serviço de transporte gratuito e exclusivo. O microonibus vai sair da Feira da Sapatilha, no Expocentro Edmundo Doubrawa, até o Garten, em dois horários, às 12 e às 16h. As saídas do Garten em direção à Feira acontecem às 14 e às 20 horas.

Serviço:

O quê: Festival de Dança no Joinville Garten Shopping

Quando: de 19 a 27 de julho

Horários: 12h30 às 13h30, das 16h30 às 17h, e das 18h30 às 19h30

Quanto: Gratuito

O quê: transporte gratuito entre Feira da Sapatilha e Joinville Garten Shopping

Quando: de 19 a 26 de julho

Saídas da Feira: às 12 e 16h

Saídas do Garten: às 14 e 20h

Quanto: gratuito

Dionisos Teatro comemora 15 anos em grande estilo

Para comemorar 15 anos de história, a Dionisos Teatro prepara seu Livro de Memórias, um apanhado das experiências do grupo durante este período “de dificuldades e de lutas, mas também de alegrias e conquistas”. A obra reunirá depoimentos dos integrantes, do público e de pessoas que já estiveram no grupo, histórias de bastidores e um pouco das aventuras dos atores durante viagens pelo Brasil e pelo mundo.

O Livro de Memórias “é uma forma de celebrar o percurso artístico e oficializar um pedaço da história do teatro” que, desde 1997, o grupo ajuda a construir em Joinville e Santa Catarina. Além da participação em festivais nacionais e internacionais, a Dionisos se consolidou ao levar a arte do teatro para além do palco. As apresentações também são realizadas em escolas, empresas e comunidades. Atualmente, estão prontas para encenação 10 peças, com destaque para as premiadas “Amor por Anexins”, “Migrantes”,  “Babaiaga” e “A Farsa do Mestre Pathelin”.

O valor necessário para a produção da obra é de 15 mil reais e inclui contração de um historiador e levantamento do conteúdo, escrita e revisão textual, arte e diagramação. Para arrecadar a quantia e viabilizar a ideia, o grupo inscreveu o projeto no Catarse (site de financiamento colaborativo). As contribuições variam de R$ 15 a R$ 3 mil e, cada apoiador recebe um benefício específico, de ingressos para assistir às encenações do grupo a exemplares do livro até apresentações particulares do “Teatro Playback”.

Para contribuir com o grupo e ajudar a financiar o livro, basta acessar clicar aqui , efetuar login, clicar em “Quero apoiar este projeto” e seguir o passo a passo.

Do Blog do Serginho, Portal Joinville –  http://www.portaljoinville.com.br/v3/?call=blogs.serginho&id=22666

Cultura: confira a programação de hoje a domingo em Joinville (SC)

Confira a programação cultural para esta sexta (22), sábado (23) e domingo (24/06). Escolha entre as diversas opções de espetáculos teatrais, não deixe de conferir a apresentação da Banda do 62º BI nos Concertos Matinais e as exposições do Museu de Arte de Joinville com entrada gratuita.

Música e humor na peça Tangos e Tragédias
O Teatro da Liga de Sociedades recebe nesta sexta-feira (22/06) a peça Tangos e Tragédias. O espetáculo apresenta uma mistura de música, humor e teatro, onde os personagens Maestro Plçestkaya (Nico Nicolaiewsky) e o violinista Kraunus Sang (Hique Gomez) convidam o público a participar da peça. O evento inicia às 20 horas. Os ingressos estão a venda no site www.tickecenter.com.br.

Onde: Teatro da Liga de Sociedades (Rua Jaguaruna, 100 – Centro)
Ingressos: www.tickecenter.com.br
Informações: (47) 3025.2115

Temporada da peça A Morte de Ofélia
Depois da estréia no Teatro do SESC, a peça A Morte de Ofélia será apresentada na Associação dos Moradores e Amigos do Bairro Itinga (Amorabi) nesta semana. A comunidade vai poder conferir gratuitamente o espetáculo que apresenta uma das personagens mais fortes e enigmáticas de Hamlet, texto teatral mundialmente conhecido escrito por William Shakespeare. A apresentação da peça será realizada na sede da associação nos dias 22 e 23 de junho, às 20 horas. Entrada gratuita.

O espetáculo A Morte de Ofélia tem como tema central a personagem Ofélia, a jovem é manipulada por seu pai, Polônio, e rejeitada por seu noivo, Hamlet. Isolada em seu quarto sem compreender a sequência de acontecimentos a sua volta, é tomada pela loucura. Ofélia passa a ter alucinações e a imaginar que todos os fatos são, na verdade, frutos de suas inquietações e do seu processo de enlouquecimento. Trancada em seu próprio quarto a jovem passa a ver e dialogar com espectros e vozes de Polônio, Laertes, Gertrudes, Cláudio, Hamlet e o fantasma do Rei. A situação é agravada quando a personagem descobre que seu pai foi assassinado por Hamlet. Projeto de montagem da peça foi contemplado no Edital 2011, do Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura (Simdec), da Prefeitura de Joinville.

Onde: Amorabi (Rua dos Esportistas, 510 – Itinga)
Informações: (47) 9912-7642 com Samantha

Peça O Doente Imaginário em cartaz no SESC
A Cia de Teatro da Univille apresenta a peça O Doente Imaginário no teatro do SESC neste sábado (23) e domingo (24/06), às 20 horas. Os ingressos poderão ser retirados uma hora antes do espetáculo, na portaria do teatro, em troca de 1 litro de leite longa vida. O doente imaginário (Le Malade Imaginaire) foi a última obra escrita por Molière, em 1673.

Considerada uma de suas obras primas, a peça tem como personagem principal um hipocondríaco: Argan – carente, rico e ávaro burguês. Em seu segundo casamento, com uma mulher mais nova e interesseira, Argan vivia sobre a cama, com a constante visita de médicos. Na peça O doente Imaginário, Molière, satiriza a precária ciência do seu tempo: a medicina. Faz uma crítica acirrada à relação médico-paciente, digna das relações marcadas pela frieza e pelo descaso.

Onde: Teatro do SESC Joinville (Rua Itaiópolis, 470 – América)
Informações: (47)  3461.9208

Concertos Matinais com Banda do 62º BI
Neste domingo (24/06) a banda do 62º Batalhão de Infantaria participa de mais uma edição do projeto Concertos Matinais. A apresentação ocorre no auditório do 62º BI Francisco de Lima e Silva, às 10h30. Evento aberto a comunidade e gratuito.Conhecidos pelo público joinvilense, os músicos irão apresentar um repertório eclético, variando das composições clássicas ao sertanejo universitário, e uma seleção de músicas juninas. Banda sob a regência do 1º Tenente José Carlos da Silva Pinto e do Sub-tenente Givaldo Lira de Carvalho. O projeto Concertos Matinais é promovido pela Fundação Cultural de Joinville (FCJ) e Prefeitura, nesta edição com apoio do 62º Batalhão de Infantaria.

Onde: 62º Batalhão de Infantaria (Rua Ministro Calógeras, 1.200 – Atiradores)
Informações: (47) 3433.2190 com Rodrigo

Exposições do Museu de Arte de Joinville
O Museu de Arte de Joinville (MAJ) apresenta as exposições organizadas na Cidadela Cultural, nos anexos 1 e 2 do MAJ: Faz de conta que são regras, de Cyntia Werner; Desenhos, de Wilian Santos; Irreversível, de Diego de los Campos; Ponto, estrutura de fuga. de Flora Lindote; In audíveis, de Daiana Schvartz e Memórias de um acervo: Eco Art 1992, do acervo do MAJ. Além da exposição Ninfas, de Cristiano Cidral, apresentada no Galpão da AAPLAJ, localizada na Cidadela Cultural. As exposições ficam abertas para visitação no sábado (16) e domingo (17), das 12h às 18 horas. Entrada aberta a comunidade.

Onde: Anexos 1 e 2 e Galpão da AAPLAJ (Rua 15 de novembro, 1.383 – Cidadela Cultural)
Informações: (47) 3433.4677 no MAJ

Deborah Colker apresenta espetáculo “Tatyana” em Florianópolis com apoio da Petrobrás

A Companhia de Dança Deborah Colker, com o patrocínio da Petrobras, apresenta seu mais novo espetáculo, nas próximas sexta e sábado (15/6 e 16/6), em Florianópolis. Baseado no romance Evguêni Oniéguin, do russo Aleksander Puchkin, Tatyana conta a história do abastado jovem Oniéguin, que abandona as diversões da cidade para viver na propriedade rural de seu tio. Neste lugar, conhece a jovem Tatyana, que é rejeitada por ele após se declarar. Anos depois, com profundas transformações internas, o casal se reencontra.

O desafio da Cia. é de contar este clássico da literatura universal sem usar palavras, uma vez que a preocupação principal deste balé contemporâneo é traduzir sentimentos no lugar de narrativas. No espetáculo, Deborah insere Puchkin como um dos personagens, possibilitando que criador e criatura fiquem em um mesmo plano.

O livro, embora tenha sido escrito e ambientado na Rússia do século XIX, ultrapassa a barreira do espaço e tempo. Na montagem, não se encontra nada que prenda a história a um determinado período, como figurinos típicos. O cenário é constituído apenas de uma árvore metálica, onde os ramos são usados pelos personagens no desenvolver de seus sonhos e angústias.

O espetáculo Tatyana é um projeto patrocinado pela Companhia por meio do Petrobras Cultural. Desde a primeira edição, o Petrobras Cultural já teve oito edições, abrangendo 80 áreas de seleções públicas, destinando R$ 313 milhões a 1.319 projetos contemplados. Foram mais de 26 mil projetos inscritos, avaliados por 356 especialistas integrantes das comissões de seleção. Na edição 2011, foram contemplados 149 projetos de 18 estados, abrangendo 16 áreas, dentro das três linhas de atuação do Programa, que receberam uma verba total de R$ 52,9 milhões.

Serviço:

Data: sexta e sábado, 15 e 16 de junho de 2012 às 21h30 e 18h, respectivamente
Local: Teatro Governador Pedro Ivo (anexo ao Centro Administrativo de Governo, Rodovia SC- 401, km 5, n° 4600)
Para mais informações: Bilheteria (48) 3665-1630 – de seg a dom das 14h às 20h

Peça “A morte de Ofélia” esta semana no Teatro do Sesc em Joinville (SC)

O teatro do SESC Joinville recebe nesta semana a peça A Morte de Ofélia, uma parceria entre a atriz joinvilense Samantha Cohen e o diretor Jefferson Bittencourt. A temporada de estréia da peça contará com 12 apresentações no mês de junho em três diferentes espaços, sendo Teatro do SESC, Amorabi e Galpão da Ajote. A primeira apresentação ocorre na sexta-feira (15/06), às 20 horas, no Teatro do SESC. Entrada aberta a comunidade e gratuita.

O espetáculo apresenta uma das personagens mais fortes e enigmáticas de Hamlet, texto teatral mundialmente conhecido escrito por William Shakespeare. A Morte de Ofélia tem como tema central a personagem Ofélia, a jovem é manipulada por seu pai, Polônio, e rejeitada por seu noivo, Hamlet. Isolada em seu quarto sem compreender a sequência de acontecimentos a sua volta, é tomada pela loucura. Ofélia passa a ter alucinações e a imaginar que todos os fatos são, na verdade, frutos de suas inquietações e do seu processo de enlouquecimento.

Trancada em seu próprio quarto a jovem passa a ver e dialogar com espectros e vozes de Polônio, Laertes, Gertrudes, Cláudio, Hamlet e o fantasma do Rei. A situação é agravada quando a personagem descobre que seu pai foi assassinado por Hamlet.Após as apresentações em Joinville, o espetáculo segue para uma temporada na Noruega. Projeto de montagem da peça foi contemplado no Edital 2011, do Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura (Simdec), da Prefeitura de Joinville.

Calendário de apresentações:

Teatro do SESC (Rua Itaiópolis, 470 – América)*

15/06 – 20h

16/06 – 19h e 20h30

17/06 – 20h

*Entrada Gratuita

 

Amorabi (Rua dos Esportistas, 510 – Itinga)*

22 e 23/06 – 20h

*Entrada Gratuita

Galpão de Teatro da AJOTE (Cidadela Cultural – Rua 15 de novembro, 1.383 – América)

29/06 – 20h

30/06 – 19h e 20h30

1º julho – 20h

Ingressos: R$10,00 inteira | Meia R$5,00

Serviço
O quê: Temporada de estréia da peça A morte de Ofélia
Quando: confira a programação
Informações: (47) 9912.7642 com Samantha Cohen

Mais um Sábado na Estação em Joinville (SC) neste sábado

Neste sábado (09/06) será realizada mais uma edição do projeto Sábado na Estação. A programação com atrações culturais, feira de arte e artesanato e Mercado de Pulgas inicia às 9 horas. O palco da Estação da Memória recebe as apresentações do músico Dentinho, da dupla caipira Sulino e Sulenir e roda de capoeira com o grupo Navio Negreiro. Além disso, o DJ Roger e convidados apresentam a discotecagem do projeto MAJ Sound – Música Arte Joinville, que foi atração na última edição Um Domingo no Jardim do MAJ.

Participam da Feira de Arte e Artesanato os grupos Arte Joinville, Associação Joinvilense dos Artesãos (Ajart), Adeas, Artculle e Geração e Renda. Além da comercialização de produtos coloniais, como biscoitos, cucas e docinhos da Fundação 25 de Julho. No Mercado de Pulgas, a comunidade vai encontrar objetos, acessórios, livros, CD’s, DVD’s, brinquedos e roupas para comercialização.

Todos os produtos são usados, mas devem apresentar bom estado de conservação. O horário de funcionamento do Mercado será das 9h às 14 horas. Os interessados em participar do Mercado de Pulgas ou da Feira de Arte e Artesanato podem fazer a inscrição na Fundação Cultural de Joinville (FCJ), de segunda a sexta-feira, das 8h às 14 horas. Informações pelo telefone (47) 3433.2190 com Pardal. O projeto Sábado na Estação é uma realização da Estação da Memória, Fundação Cultural de Joinville e Prefeitura, com apoio da Fundação 25 de Julho.

Programação:
9h às 14h – Feira de Arte e Artesanato e Mercado de Pulgas

11h – Dentinho

12h – Capoeira com Navio Negreiro

13h – Dupla Caipira Sulino e Sulenir

14h às 17h – Projeto MAJ Sound – Música Arte Joinville com DJ Roger e convidados

Serviço
O quê: 18º Sábado na Estação
Quando: sábado (09/06), das 9h às 17h
Onde: Estação da Memória
Rua Leite Ribeiro, s/nº – Anita Garibaldi
Gratuito
Informações: (47) 3433.2190 com Pardal