Polícia para quem precisa de polícia

Busscar-Mecanicos-Familia 405
Polícia para intimidar Sindicato e trabalhadores? Estamos na ditadura?

Participei na manhã de ontem, quinta-feira (15) da assembleia do Sindicato dos Mecânicos de Joinville e Região em frente à moribunda empresa Busscar Ônibus, que só falta fechar as portas de tantas dívidas acumuladas, promessas nunca cumpridas e gestão desastrosa dos três acionistas familiares.

Mas o que mais me chamou a atenção não foram os apelos dos sindicalistas e trabalhadores por respostas da direção da empresa, que se fecha para a sociedade, imprensa e tudo o mais. Foi a presença da polícia militar com o seu famoso “caveirão”, viatura da GRT, e mais que uma dezena de policiais armados com fuzis e gás de pimenta. Olhei ao redor e não vi nenhum bandido, chefe do tráfico, assassinos ou coisa parecida. Estavam ali trabalhadores, pais e mães de família que pacificamente querem seus salários em dia, seus direitos preservados.

E dizer que a empresa justificou o não atendimento por, pasmem, “não saber do evento” e por isso seus diretores estavam viajando. Viajando em busca do quê? Deveriam é estar ali para dar satisfações aos seus trabalhadores, que além de produzirem a riqueza da empresa, geram e pagam impostos, impostos que enchem o caixa dos governos e seus órgãos como o BNDES, que emprestou dinheiro à mesma Busscar! Sim existe dinheiro público, meu, seu, nosso, ali na empresa que não quer falar com ninguém.

Presidente João Bruggmann sendo entrevistado com a polícia de olho ao fundo
Presidente João Bruggmann sendo entrevistado com a polícia de olho ao fundo

Agora, tanto não sabiam que mandaram a polícia para intimidar. Polícia gente, polícia para quem precisa de polícia…  E segunda-feira, 19 de abril a partir das 9 horas, tem mais uma assembleia dos trabalhadores, mas agora com a presença de gente graúda do Ministério Público do Trabalho e Ministério do Trabalho.

Yahoo é condenado a pagar indenização de R$ 20 mil

A 2ª Câmara de Direito Civil do Tribunal de Justiça condenou a Yahoo do Brasil ao pagamento de indenização de R$ 20 mil, em favor de uma jovem que teve fotos de seu relacionamento amoroso com um ex-namorado expostas na internet.

   A decisão da Câmara reduziu a condenação imposta em 1º grau, que havia fixado indenização cinco vezes maior que a concedida agora. Em ambas as instâncias, porém, as fotos foram reconhecidas como ofensivas à honra e à imagem da jovem, por mostrar momentos de sua intimidade com o ex-namorado.

   No recurso que interpôs no TJ, a Yahoo do Brasil alegou ilegitimidade passiva e cerceamento de defesa, ainda que não tenha negado a existência da página disponibilizada na internet com fotos constrangedoras.

   A empresa sustentou que o responsável pela criação da página – não identificado no processo – utilizou-se de recursos oferecidos pela Yahoo! internacional, com sede nos Estados Unidos, e, por meio dela,  montou e colocou na rede tal material.

    O desembargador Sérgio Izidoro Heil, relator da apelação, analisou a questão por outro prisma. Para ele, a Yahoo do Brasil, empresa constituída sob as leis brasileiras, explora o serviço de provedor em parceria com a matriz norte-americana. 

   A filial brasileira, aliás, detém 10% de participação acionária na sociedade. A partir disso, o magistrado entende que a Yahoo do Brasil aproveita os serviços e o prestígio da matriz, no intuito de obter para si idêntico sucesso comercial. 

    Não é possível, para Heil,  que a empresa usufrua das vantagens sem assumir o ônus de suportar as consequências eventualmente danosas de tal cooperação.

   Para a redução do valor da indenização, os desembargadores consideraram o fato de a jovem ter tirado as fotos por livre e espontânea vontade, sem qualquer precaução contra possível e previsível utilização em outro contexto. A decisão foi unânime.

Tribunal de Justiça

STF nega habeas corpus para suposto mandante do assassinato de Dorothy

O ministro Cezar Peluso, do Supremo Tribunal Federal (STF), indeferiu o pedido de liminar para a libertação de Vitalmiro Bastos de Moura (Bida), supostamente um dos mandantes do assassinato da irmã Dorothy Stang, ocorrido em fevereiro de 2005 em Anapu (PA).

Com a recusa do pedido de habeas corpus (HC nº 102757), cai uma estratégia da defesa do acusado que tentava protelar o julgamento remarcado para segunda-feira (12), depois de os advogados de Bida não comparecerem ao júri no dia 31 de março.

A defesa pedia a libertação de Bida, preso desde 12 de fevereiro, e o adiamento do júri. O STF ainda não liberou a íntegra do despacho de Cezar Peluso.

Procurado pela Agência Brasil, o advogado Eduardo Imbiriba informou que a equipe de defesa de Bida ainda não traçou nova estratégia para o réu. Ele declarou que a defesa está preparada para o júri, mas não confirmou a presença no julgamento marcado para segunda-feira.

Da Ag. Brasil

Schulz projeta crescer acima do mercado

A transformação de projetos aprovados no ano passado em pedidos de encomendas neste terá repercussão no incremento de receita esperado pela divisão automotiva da Schulz. A estimativa é de aumento superior às projeções de 30% do mercado de veículos pesados, principal segmento de atuação da empresa de fundidos de Joinville, SC. As expectativas de crescimento também implicam a manutenção das operações do Finame e do Procaminhoneiro para financiar a compra de caminhões novos e usados, implementos rodoviários e ônibus.

De acordo com o diretor de operações Bruno Salmeron a empresa conquistou cinco novos clientes no ano passado, dentre eles as fábricas da Jost nos Estados Unidos e Alemanha.

Ele disse que o número de novos projetos aprovados no ano passado ficou acima da média histórica da empresa, o que lhe permite estimar ampliação de uso da capacidade instalada para 80% ante 60% de 2009.

Em 2009 a Schulz aplicou R$ 31,4 milhões em investimento, aí incluídos R$ 8,5 milhões na aquisição da Somar, empresa que atua no segmento de bombas hidráulicas. Os valores foram direcionados para compra de ferramentais para novos produtos e de máquinas importadas e na recuperação de outras. Mais de 50% destinaram-se à divisão automotiva: “Concluímos plano de expansão da capacidade de produção, o que nos dá condições de atender plenamente esta demanda acional”.

A divisão automotiva ganhará mais duzentos trabalhadores durante o ano que se juntarão aos atuais 1,4 mil: “Preservar os talentos num ano de crise foi uma das principais medidas acertadas da empresa”.

A crise levou à demissão de cerca de 20% do quadro total, que fechou 2009 com 1 mil 697 funcionários.

As vendas externas, que caíram 70% em 2009, deverão ter leve recuperação no segundo semestre deste ano, acredita Salmeron.

A Schulz encerrou 2009 com receita operacional bruta de R$ 478,5 milhões, a maior parte gerada pela divisão automotiva, queda de 22,1% na comparação com os R$ 614 milhões obtidos em 2008. Por meio de ações de redução de custos e ganhos financeiros a Schulz alcançou lucro líquido de R$ 35,2 milhões, revertendo o resultado negativo de R$ 13,1 milhões do ano anterior.

Fonte: Autodata

Centrais Sindicais se reúnem com o presidente Lula

lula abcAs centrais sindicais vão apresentar neste sábado, 10 de abril, às 10h30, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, um estudo elaborado pelo Dieese sobre o comportamento do emprego e a qualificação profissional no Brasil.

Elas convidaram o presidente Lula, a ex-ministra Dilma Rousseff e o senador Aloízio Mercadante para acompanhar a divulgação dos dados e comentar seus resultados junto com os seus presidentes.

“É importante que o presidente da República mantenha o diálogo com o movimento sindical sobre o estudo que encomendamos”, comentou o presidente do Sindicato, Sérgio Nobre.

“Afinal, o movimento sindical e a sociedade quer que o emprego continue crescendo com qualidade”, prosseguiu ele.

Formação – Sérgio Nobre lembrou que a qualificação profissional é outro assunto importante porque está se tornando um dos gargalos enfrentados pela economia brasileira. “Já existe falta de profissionais formados para alguns setores e o problema pode ser agravado com o crescimento econômico”, frisou o presidente do Sindicato, apontado que esse deve ser
um esforço de toda a sociedade.

“Eu não canso de repetir que a qualificação profissional não pode depender só do Estado. Os empresários precisam abrir a carteira e investir nela”, concluiu.

Da CNM/CUT

Maternidade Darcy Vargas completa 63 anos

Qualidade no atendimento à população catarinense. Esse sempre foi o objetivo da Maternidade Darcy Vargas (MDV), que na próxima sexta-feira (16 de abril) completa 63 anos de serviços prestados na área da saúde para Joinville e região. Em comemoração, um Culto Ecumênico será realizado às 10h na Capela da maternidade na Rua Miguel Couto, 44 – bairro Anita Garibaldi.

Após a ocasião, os funcionários que contam com mais de 25 anos de casa, serão homenageados. Fundada em 1947, a Unidade Hospitalar apresenta uma capacidade efetiva de 138 leitos e realiza, em média, 710 internações por mês, sendo 675 obstétricas e 35 neonatológicas. A Maternidade tornou-se referência estadual no atendimento especializado para mãe-filho-família e possui programas como Banco de Leite Humano, Atenção Humanizada e Curso de preparação para Gestantes, visando a saúde da mãe e do bebê.

maternidadeDurante os mais de 60 anos de trabalho, a Maternidade já recebeu vários prêmios pela excelência de seus serviços. Entre eles, destacam-se o Prêmio Professor Galba de Araújo (2005), Troféu Antonieta de Barros (2003), além do reconhecimento desde 1994 pelos Fundos das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e Organização Mundial de Saúde (OMS) com o título de Hospital Amigo da Criança. A instituição é comandada pelo médico Dr. Armando Dias e está vinculada à Secretaria de Estado da Saúde.

Da Assessoria da SDR Joinville

Dataprev prorroga inscrições de concurso até amanhã (8/4)

A Dataprev prorrogou até a próxima quinta-feira (8) as inscrições para seu concurso público. O processo seletivo para formação de cadastro de reserva vai registrar 1.135 profissionais de níveis médio e superior em todo o Brasil. Ao todo são 27 perfis, distribuídos em todas as capitais. Os interessados devem se inscrever no site do Instituto Quadrix de Tecnologia e Responsabilidade Social, empresa responsável pela organização.

As provas têm questões discursivas e objetivas e devem ocorrer no próximo dia 2 de maio. Títulos acadêmicos e experiência de trabalho na área também somarão pontos. Os candidatos deste cadastro somente serão chamados após a completa convocação dos aprovados no concurso anterior (2008), exceto nos casos dos perfis que não foram contemplados no último certame bem como aprovados para regiões que não estavam incluídas anteriormente.

Ao todo, são oito regiões de lotação: Centro-Oeste (Goiânia, Cuiabá e Campo Grande); Distrito Federal (Brasília); Minas Gerais e Espírito Santo (Belo Horizonte e Vitória); Nordeste (Maceió, Salvador, Fortaleza, João Pessoa, São Luís, Recife, Teresina, Natal e Aracaju); Norte (Manaus e Belém); Rio de Janeiro (Rio de Janeiro); São Paulo (São Paulo) e Sul (Curitiba, Porto Alegre e Florianópolis).

As remunerações variam de R$ 2.267,67 a R$ 4.622,90, já incluídos o adicional por atividade e o auxílio alimentação.

O último concurso público da Dataprev foi realizado no dia 11 de janeiro de 2009, com 347 vagas para analistas (nível superior) e assistentes (nível médio), distribuídas em 34 perfis. Na ocasião também foi feito cadastro de reserva. O andamento das contratações é atualizado mensalmente na página da empresa.

Da Previdência Social

Festival de Dança: Circuito Broadway ensina musical

Todo o glamour, o estilo e a técnica dos grandes musicais serão ensinados no Festival de Dança de Joinville de 2010 dentro da programação de cursos e oficinas. O conjunto de cursos Circuito Broadway, lecionados por Jarbas Homem de Melo, Kátia Barros e Ronnie Kneblewski trata-se de um conjunto de oficinas de preparação de bailarinos, cantores e atores. As aulas duram oito dias em meio ao festival desse ano que ocorre de 21 a 31 de julho.

Jarbas Homem de Melo leciona interpretação e direção geral. Ele participou de importantes espetáculos da cena teatral de São Paulo como “A Mandrágora”, de Maquiavel, e “Querido Mundo”, de Maria Carmem Barbosa e Miguel Falabela. Também fez parte de musicais montados no Brasil como “Rent, o Musical”, “Les Miserables”, “Grease, o Musical”, “O Fantasma da Ópera” e atualmente integra o elenco de “Pernas Pro Ar”, novo espetáculo de Cláudia Raia.

Kátia Barros dá aulas de corpo, estilo e coreografia. Ela é bailarina, atriz e coreógrafa. Atuou em muitos musicais como “Miss Saigon”, “Sweet Charity”, “Chicago”, “A Bela e a Fera” e “Vitor ou Vitória”. Foi dirigida por ícones do West End e da Broadway como Geoffrey Garrat, Fred Hanson, Laurence Connor e David Caddik. No Brasil, já coreografou para Bibi Ferreira, em “As Encalhadas”; Rosi Campos, em “Mr. Bug”; e muitos outros.

Ronnie Kneblewski ensina preparação vocal. Ele foi preparador vocal nos musicais “Os Produtores”, “High School Musical – A Seleção”, “Sitio do Pica Pau Amarelo” e “A Bela e a Fera”. Fez preparação vocal de atores, bailarinos e cantores em “Miss Saigon”, “Aida”, “Into The Woods” e “Hairspray”.

Além do Circuito Broadway, o Festival de Dança de Joinville tem cursos de balé, dança contemporânea, jazz, dança popular, sapateado, dança urbana e outros mais. As inscrições podem ser feitas no site www.festivaldedanca.com.br através da área Cursos e Oficinas. Mais informações pelo e-mail cursos@festivaldedanca.com.br.

Da assessoria do Festival

Parabéns jornalistas, nosso dia são todos os dias em favor da sociedade

foto-dia-do-jornalista-2No dia de todos nós jornalistas, com formação acadêmica, publico no blog a nota da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) em que manifesta toda a luta por uma profissão apaixonante, emocionante, corajosa, edificante, e todos os adjetivos possíveis. Nós todos devemos lutar pela profissão que personifica a democracia mais que qualquer outra. Parabéns a todos os colegas que trabalham por todo o país e mundo….

A dignificação da profissão de Jornalista se faz com resistência e luta. E neste caminho prosseguimos em defesa do direito da sociedade à informação qualificada, democrática e ética, apesar da fatídica decisão do STF que derrubou a exigência do diploma para o exercício da profissão. Neste 7 de abril, Dia do Jornalista, as bandeiras da defesa de nossa formação e regulamentação profissional e da democratização da comunicação permanecem erguidas e nossas vozes se farão ouvir ainda mais em 2010.

Não é de hoje o empenho patronal em explorar os trabalhadores, precarizar as relações de trabalho e manter sob seu controle, a punho de ferro e da forma mais desregrada possível, o acesso à profissão de Jornalista e a produção e difusão de informações. A defesa que os patrões fazem das liberdades de imprensa e de expressão é uma falácia para encobrir seus interesses mesquinhos e a mercantilização da comunicação.

Seus objetivos se concretizaram na decisão do STF, que confundiu o direito de uma categoria ter sua regulamentação e a exigência do diploma como regra de acesso qualificado à profissão com cerceamento à liberdade de expressão. Mas a grande maioria da sociedade brasileira prossegue apoiando a necessidade da exigência do diploma universitário para o exercício profissional do Jornalismo, como já atestaram diversas pesquisas, consultas e enquetes.

Com o apoio da sociedade e com a ação unitária e conjunta de nossa categoria podemos e devemos ampliar o movimento pela aprovação das Propostas de Emenda Constitucional que tramitam no Congresso Nacional prevendo o restabelecimento do diploma e a luta para que as deliberações da 1ª Conferência Nacional de Comunicação sejam postas em prática, configurando políticas para o setor efetivamente a serviço do interesse público, da desconcentração da propriedade dos veículos e da livre, democrática e plural circulação de informações e ideias.

Estas são as prioridades dos jornalistas em 2010. Estes são compromissos da FENAJ e dos 31 Sindicatos de Jornalistas do Brasil.

Parabéns aos jornalistas brasileiros!

Diretoria da FENAJ
7 de abril de 2010″

Dia Mundial da Saúde: urbanização é foco de comemorações

dia_mundial_saudeA Organização Mundial da Saúde (OMS) comemora hoje (7) o Dia Mundial da Saúde com foco na urbanização, incentivando esforços para que as cidades se tornem ambientes mais saudáveis. A estimativa é de que nos próximos 30 anos praticamente todo o crescimento populacional do planeta ocorra em áreas urbanas.

Os desafios relacionados ao tema incluem o acesso à água tratada, o tabagismo, o uso abusivo de álcool, o sedentarismo e os riscos associados a surtos de doenças.

A OMS alerta que as pessoas pobres que vivem em áreas urbanas sofrem de forma desproporcional de um amplo número de problemas de saúde, por estarem mais expostas a altos índices de violência, doenças crônicas e doenças infecciosas como a tuberculose e a aids.

Os fatores sociais considerados determinantes no cenário da urbanização, de acordo com o órgão, não se restringem apenas ao ramo da saúde, mas também envolvem infraestrutura, governança local, distribuição de renda e oportunidades em educação.

O planejamento urbano, segundo a OMS, é capaz de promover comportamentos saudáveis por meio de investimentos no transporte ativo (bicicletas e outros veículos não motorizados), na prática de atividade física, no controle do tabaco, na segurança alimentar e no saneamento básico.

“Tais medidas não requerem, necessariamente, fundos adicionais, mas o compromisso de redirecionar os investimentos para intervenções prioritárias”, concluiu o órgão. A expectativa da campanha Mil Cidades, Mil Vidas é de que, até domingo (11), sejam inaugurados espaços de saúde por meio de atividades em parques, mutirões de limpeza e fechamento parcial de avenidas para veículos motorizados.

Da Ag. Brasil