Aumentos da água e das passagens do transporte coletivo

Olha gente, quando vejo essas notícias sobre os aumentos das tarifas públicas no governo Carlito, fico inconsolável. É duro ver que o sistema engoliu as idéias, posições e propostas que ele defendia. Tudo anda como antes no reino de Abrantes. É uma pena que seja assim.

Mas a população não pode aceitar tudo como cordeirinhos, como sempre acontece em Joinville. E nessa posição não há nada de partidário, de ação deliberada. É uma opinião de quem viveu a luta para mudar as caras e formas de administrar a maior cidade catarinense, e que agora vê que nada mudou. As pessoas se moldaram à situação que vigora na cidade, e sem a menor cerimônia.

Os movimentos sociais devem mesmo se manifestar, mas não se intimidar. Agir inteligentemente, coordenadamente, pacificamente como fazia Gandhi. E olha amigo Carlito, ainda há tempo de assumir seu discurso de campanha por inteiro e dar aos cidadãos que acreditaram em você o retorno devido. Eu sou um deles que espera ansiosamente.

Serra vai mal: PM prende professores em evento

Uma semana após um grupo de professores em greve hostilizarem o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), a Polícia Militar prendeu três manifestantes nesta quarta-feira, 24, durante evento na cidade de Francisco Morato. A PM usou gás de pimenta, cassetetes e escudos para evitar que os cerca de 30 professores ligados à Apeoesp se aproximassem do tucano.

Quarenta policiais militares da Força Tática tentaram impedir que os manifestantes usassem apitos e gritassem palavras de ordem próximos ao palanque onde Serra estava – o governador participava da inauguração de um hospital. Parte dos professores do Estado de São Paulo estão em greve desde o início para pedir reajuste salarial.

“A gente veio preparado. Na semana passada, tentaram jogar uma pedra no governador”, disse o comandante do 23º Batalhão da PM, José Carlos de Campos Junior. Questionado sobre um dos policiais que, durante o tumulto, disse que iria “descer a porrada”, o PM respondeu: “Vocês imaginam como são momentos de calor”. “Às vezes, se perde a cabeça, mas não existe isso de baixar a porrada”. Segundo o policial, os manifestantes foram detidos por desobediência e desacato.

Da CNM/CUT

Otimismo na indústria continua estável

O otimismo dos industriais brasileiros ficou estável em março. O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) chegou a 67,7 pontos, 0,1 ponto abaixo do índice registrado em fevereiro. Apesar do leve recuo, o indicador, divulgado nesta quarta-feira (24) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), permanece 8,9 pontos acima da média histórica.

“O otimismo continua elevado e reflete a retomada da atividade industrial após a crise”, avalia o gerente-executivo da Unidade de Pesquisa da CNI, Renato da Fonseca. Pela metodologia da pesquisa, o indicador varia de zero a 100. Valores acima de 50 pontos indicam empresários confiantes. A indústria extrativa registrou a quinta alta seguida e teve o índice mais elevado entre os segmentos pesquisados.

O indicador passou de 66,1 pontos para 67,8 pontos em março. Na construção civil, porém, o indicador recuou um ponto e baixou para 67,1 pontos em março. O indicador ficou estável na indústria de transformação, 66,3 pontos, com queda de 0,1 ponto em relação ao registrado em fevereiro. O índice que mede a avaliação dos empresários sobre as atuais condições da economia recuou de 61,3 para 61,0 pontos em março.

Em relação às expectativas dos empresários para os próximos seis meses, o indicador ficou estável em 71 pontos. “Isso aponta para a continuidade do ritmo forte de crescimento nos próximos meses”, explica Fonseca. Em relação à fevereiro, o índice não registrou alteração expressiva na confiança dos empresários em nenhum dos portes de empresas pesquisadas. Entre as de médio porte, o índice cresceu 0,6 ponto e passou de 66,6 para 67,2 pontos. O índice das pequenas empresas caiu de 66,1 para 65,4 pontos.

Entre as grandes empresas, apesar de uma queda de 0,2 ponto, o índice chegou ao patamar mais elevado em 69,7 pontos. Em fevereiro era de 69,9 pontos. A pesquisa de março foi elaborada a partir de entrevistas feitas entre os dias 1 e 22 deste mês com 1.599 empresas (872 de pequeno porte, 496 médias empresas e 231 empresas de grande porte

Lula: novos Ministros terão que trabalhar muito mais que os atuais

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta tarde que, na reta final do mandato, quer aproveitar o máximo de sua equipe. Na entrevista concedida após almoço com o rei da Suécia, Carl Gustaf, ele afirmou que os novos ministros que entram no governo no dia 1º de abril terão de trabalhar mais do que os que deixarão o governo para disputar as eleições.

“É quase que natural. Você está no fim da festa e quer sentar numa cadeira e não quer dançar mais. Agora, eu quero que a turma dance”, disse o presidente.

Lula salientou que ainda tem muitas obras para concluir até o final do mandato e quer empenho dos novos ministros. “Esse pessoal que vai entrar vai trabalhar muito mais que o pessoal que sair”. Ele ainda mandou um recado para a secretária executiva da Casa Civil, Erenice Guerra, que comandará a pasta. “Quem entrar no lugar da Dilma, vai trabalhar muito mais que ela”.

Greve geral paralisa a França

Na onda da vitória dos partidos de esquerda nas eleições gerais do último domingo, os trabalhadores franceses entraram em greve ontem. Os sindicatos esperam que suas ações coloquem um freio nas reformas planejadas pelo presidente Nicolas Sarkozy, dois dias depois de seu partido ser derrotado nas urnas.

Cerca de 80 passeatas serão realizadas em todo o país para defender o aumento do poder aquisitivo e, sobretudo, protestar contra a reforma da previdência, que começa a ser discutida em abril. Os sindicatos dizem que o governo conservador de Sarkozy não ofereceu planos satisfatórios no que diz respeito a empregos, salários, poder de compra e condições de trabalho.

Isso tudo foi agravado pelo aumento do desemprego no país, o que fez crescer o descontentamento com o presidente francês. Ele passou a ser criticado dentro do seu eleitorado tradicional de direita e no seu próprio partido.

Terceiro turno
Os protestos atingiram principalmente os transportes, escolas e correios e  tiveram a participação de trabalhadores do setor privado. Cerca de 30% dos professores da escola primária não compareceram às aulas em todo o país. Segundo a direção da estatal ferroviária, 28% dos funcionários pararam.

Os jornais franceses questionam se a mobilização desta terça-feira poderia representar um “terceiro turno”, desta vez social, para o presidente Sarkozy, após os dois turnos das eleições regionais.

Das agencia internacionais

DEM fora do Governo é jogo de cena

A cúpula do DEM, ex-PFL, em Santa Catarina decidiu desembarcar do Governo Luiz Henrique quase no apagar das luzes. Anunciou com pompas que sai, sem rupturas, etc, etc, mas ficam o segundo, terceiro, quarto e por aí vai, escalões. Afinal, desembarcou mesmo ou é só jogo de cena. Fico com a segunda opção.

O PFL, hoje DEM, sempre esteve nos governos, qualquer governo. E sabem muito bem a hora de sair, são profissionais da política, usam muito bem a máquina de governo. Ocupam espaços, atendem seus apaniguados e fortalecem seu projeto de poder. Mas sempre à sombra dos governos. Por isso só acredito nesse desembarque com todos entregando e saindo de seus cargos. Quase impossível.

Petrobras poderá participar da produção de fertilizantes no país

Da Agência Brasil, recebo notícias alvissareiras para a economia, agricultura e mercado de fertilizantes:

“O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, disse hoje (23) que Petrobras poderá participar da produção de fertilizantes no país.

“Ainda falta definir que órgão será criado para gerenciar a exploração de minerais para a produção de fertilizantes, mas a Petrobras poderá produzir em jazidas de sua propriedade”. A Petrobras é dona da jazida de Nova Olinda, no Amazonas, e da mina de Taquari, em Segipe, atualmente arrendada à Vale.

Stephanes participa de audiência pública na Comissão de Agricultura do Senado, para discutir a criação de uma empresa estatal destinada a produzir fertilizantes no país.

Risco e arriscado: qual a diferença?

dinheiro-como-ficar-dinheiro-perder-emprego-460x345-brDa agente de investimentos e colaboradora do blog Palavra Livre, Janayna da Costa, publico mais um texto esclarecedor e instigante sobre o mercado financeiro com o título acima:

“Muitas pessoas, na hora de investir, esquecem de calcular todos os riscos envolvidos na operação, estão preocupadas apenas com o quanto poderão ganhar. Por este motivo, a maioria prefere algo com certeza de ganho e que seja seguro como a poupança ou o CDI, este é o motivo da preferência pela renda fixa. Entretanto, será que a renda fixa está livre do risco de perder dinheiro?

O que é risco? Risco é não sabermos precisamente o que poderá acontecer com o investimento. Segundo o Dicionário Michaelis, risco é a possibilidade de perigo, incertos mas previsíveis, que ameaça de dano a pessoa ou a coisa. Incertos mas previsíveis, este é o segredo oculto do risco. Antes de fazer qualquer investimento, você deve estar ciente de todos os possíveis riscos envolvidos, e se (somente se) algo acontecer você precisa ter um plano de saída antes mesmo de ter investido.

Por exemplo: vou investir R$ 10.000,00 em ações da Petrobrás S.A. (PETR4), mas como entendo o mercado de ações e sei quais são os riscos envolvidos nessa operação, limitei meu risco de perda em 2%, ou seja, estarei disposta a perder R$ 200,00 se o investimento não andar conforme o planejado. Resumindo, se as ações caírem após a compra, eu terei vendido as ações com uma pequena perda, protegendo o restante do meu capital, e utilizando os pontos de compra da Análise Técnica para fazer esse investimento.

Se você quer obter ganhos superiores aos da renda fixa, você deve correr riscos calculados, medir as possíveis conseqüências positivas e negativas de seu investimento, e ter sempre em mãos um plano de saída caso o mesmo não dê certo. Esse plano de saída protegerá o seu capital caso eventos piores aconteçam limitando, assim, sua perda. Dois bons livros que podem ajudar nesse caso são, Investimentos: Os segredos de George Soros e Warren Buffett, de Mark Tier, e Pai Rico Pai Pobre, de Robert Kiyosaki.

O que é arriscado? Arriscado é investir e não saber no que está investindo. É colocar o seu dinheiro nas mãos de outra pessoa e não saber o que é feito com o dinheiro. Arriscado é investir na ignorância. Muitas pessoas investem na poupança porque acham que é o investimento mais seguro do mundo. O que elas não sabem é que não tem como ganhar dinheiro sem correr o risco de perder dinheiro. Não estou dizendo que a poupança seja um mal investimento (entretanto, neste exato momento é um péssimo investimento), estou chamando a atenção para que você possa saber se está ganhando dinheiro com este tipo de investimento.

Um exemplo: no mês de fevereiro de 2010 a poupança fechou com um rendimento de 0,5179% na última sexta-feira útil do mês, agora quanto foi a inflação do mesmo mês? Segundo notícia publicada hoje no  site Investimentos e Notícias http://indexet.investimentosenoticias.com.br, o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) registrou variação de 1,09% no mesmo mês.  Rendimento de 0,5179% contra uma inflação de 1,09%, isso é ganhar dinheiro? Os rendimentos da poupança não chegam a pagar a inflação do mês, conclusão, os brasileiros que investem na poupança agora perdem dinheiro. Um bom jeito para saber se os seus investimentos são rentáveis é comparar à inflação.

A instrução é a melhor maneira para começar a ganhar dinheiro. Invista na sua educação financeira. Tenha sempre em mente…, a melhor pessoa para cuidar do seu dinheiro É VOCÊ MESMO! Uma ótima semana a todos e até a próxima!”

Por Janayna da Costa, Agente Autônomo de Investimentos, janayna.eloterio@gmail.com