Ponte do Trabalhador não será interditada neste final de semana

4706567zh4[1]
Ponte do Trabalhador foi inaugurada em 1978
A histórica Ponte do Trabalhador em Joinville, que seria interditada para recuperação das pistas e outras cositas más neste fim de semana, não será mais. Por conta das chuvas, segundo a Seinfra, as obras foram transferidas para os dias 12 e 13 de março. Essa ponte liga duas regiões, as mais populosas da maior cidade catarinense, a sul e leste, e quando fechada vai dar algum transtorno para os motoristas. Mas é necessário fazer esse trabalho, antes que a deterioração aconteça. É só lembrar da dragagem e limpeza dos rios da cidade que não era realizada há anos. Quando fizeram, os problemas das cheias diminuíram bastante. Portanto, tá aí a notícia para nossos leitores.

Projeto de lei quer indenizar acidentados em rodovias mal conservadas

Se a idéia pega pelo Brasil afora, quem sabe as rodovias passam a ter a atenção na recuperação? Vejam que notícia chega da Assembleia Legislativa do Mato Grosso (MT):

O deputado Nilson Santos (PMDB) apresentou um projeto de lei que dispõe sobre a indenização às vítimas de acidentes decorrentes da má conservação das vias públicas em Mato Grosso. De acordo com o parlamentar, o cidadão vitimado em acidente provocado pela má conservação das vias públicas e sinalizações estaduais, apresentará ao órgão competente requerimento indicando seus dados pessoais, residência, cópia autentica a do respectivo boletim de ocorrência e/ou médico, acompanhados da relação dos valores dos bens e serviços a serem indenizados.

A indenização será no valor correspondente a reparação dos danos pessoais e/ou do veículo, monetariamente corrigida à data do seu efetivo ressarcimento.“É notável, público e inaceitável que nossas vias detenham condição lastimável de asfalto, acostamentos e sinalizações. Diante disso, o projeto tem por objetivo proporcionar uma melhor qualidade de vida, inclusão social e a liberdade que faz jus a pessoa com necessidades especiais”, explicou o parlamentar.

Santos destacou ainda que o elevado número de acidentes de trânsito é decorrente das péssimas condições em que se encontram as rodovias brasileiras. “Nosso trânsito pesado, formado por caminhões, ônibus, carretas e similares, colabora na deterioração do asfalto, cuja qualidade deveria ser indiscutível. Basta de tantas mortes provocadas por buracos, crateras, péssimo asfalto, falta de acostamento, sinalização encoberta por matos, sinalização inexistente, indiferença das autoridades e desrespeito para com cidadãos e famílias inteiras”, alertou ele.

Alô, alô povo, olha o livro da Izani na área!

Li hoje no jornal A Notícia de Joinville, caderno de cultura, que a querida amiga, jornalista e professora Izani Mustafá vai lançar um livro sobre a história da Rádio Difusora. O evento acontece daqui a pouco, a partir das 19 horas no Ielusc – faculdade de jornalismo – que fica no centro de Joinville, rua Princesa Isabel, 438. Imperdível, pela qualidade da autora devido ao seu amor pelo radiojornalismo, e pela história que deve conter em cada página. O livro “Alô, alô, Joinville! Está no ar a Rádio Difusora” retrata o período entre 1941 e 1961, e contém, entre outros, os depoimentos e histórias de radialistas históricos da maior cidade de Santa Catarina como Eli Francisco, Ramiro Gregório da Silva, e outros.

Parabéns Izani, e vê se guarda o meu exemplar aí, autografado. Estou em Florianópolis, mas vou te visitar aí logo que puder.

DEMolindo… o DEM tem mais um na lista da Justiça

Já não bastasse o Arruda, que está preso, o Kassab, que está quase kassado – trocadilho – agora vem mais uma para o DEM resolver: a decisão da justiça federal de prender o atual Prefeito de Chapecó, município do oeste catarinense, João Rodrigues. A notícia está estampada em todos os jornais de Santa Catarina e do Brasil inteiro. Desse jeito a Justiça acaba DEMolindo o partido… Leia a notícia como foi publicada no site Terra:

“O Tribunal Regional Federal da 4ª região condenou o atual prefeito da cidade catarinense de Chapecó (SC), a 550 km da capital Florianópolis, João Rodrigues (DEM), a cinco anos e três meses de prisão pelos crimes de fraude e dispensa irregular de licitação. Ele ainda pode recorrer da decisão, segundo informou a Procuradoria Regional da República na 4ª Região nesta segunda-feira.

As irregularidades ocorreram quando Rodrigues era prefeito interino da cidade de Pinhalzinho, no oeste do Estado. De acordo com a denúncia feita pelo Núcleo de Ações Originárias (Naor) da Procuradoria Regional da República da 4ª Região, houve anormalidade na compra de uma retroescavadeira no valor de R$ 60 mil. A condenação inicialmente poderá ser cumprida em regime semi-aberto, sem possibilidade de substituição. Ele deve pagar ainda multa de R$ 2.365, valor que será revertido à Fazenda de Pinhalzinho.”

Mais tempo para compras em Joinville no final de semana

Iniciativa para manter o comércio ativo
Iniciativa para manter o comércio ativo

Em Joinville o comércio de rua vai funcionar até mais tarde no próximo sábado (6), com horário estendido até às 18 horas. Já os shoppings de Joinville funcionam em horário normal, ou seja, das 10h às 22 horas. O “Sábado Mais” é uma promoção da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Joinville, pelo Sindicato do Comércio Varejista de Joinville e Região (Sindvarejista) e pelo Sindicato dos Empregados no Comércio de Joinville.

É uma oportunidade a mais para quem não tem tempo de gastar o seu dinheirinho durante a semana. O importante é saber utilizar o salário dentro dos limites do orçamento, caso contrário, em breve o cidadão estará na lista de devedores do SPC, Serasa e outros. Muita atenção na hora de comprar rapaziada.

Salário não pode ser menor que Piso Estadual em SC, diz TRT

salario
Trabalhadores garantem avanço significativo com decisão do TRT

Da assessoria de comunicação do TRT/SC, recebo essa informação, importantíssima para os sindicatos que negociam aumentos salariais por todo o estado e até no país. O Piso Estadual em Santa Catarina é sim obrigatório. Leiam abaixo:

“A Seção Especializada 1 (SE1), do TRT/SC
, que julga ações de Dissídio Coletivo, decidiu pela aplicação do piso estadual a todos os trabalhadores, mesmo aqueles com convenção da categoria. A decisão aconteceu na segunda-feira (22), durante o julgamento de ação entre os sindicatos de trabalhadores no Comércio de Araranguá e dos Concessionários e Distribuidores de Veículos no estado de Santa Catarina.

De acordo com o juiz Gerson Taboada Conrado, presidente da Seção Especializada 1, “deve ser observado sempre o valor que seja mais benéfico ao trabalhador, ou seja, entre a lei estadual e a convenção, o que for maior”.

Este foi o primeiro dissídio julgado depois da vigência do piso estadual de salários e deve servir como orientação para os próximos. Por ampla maioria, os magistrados entenderam que a aplicação do piso é obrigatória e imediata. A lei estadual deve ser respeitada e toda e qualquer negociação deve partir deste valor.”

Temer: há clima favorável para aprovação da redução da jornada

O presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer (PMDB-SP), disse hoje (01/03) em São Paulo que, se for avotação este ano, a proposta de emenda constitucional que reduz a jornada de trabalho de 44 horas para 40 horas semanais será aprovada. “Tenho sentido lá na Câmara que, em um ano como este, se a matéria for ao plenário, aprovam-se as 40 horas. Eu não tenho dúvida disso”, afirmou, em palestra a empresários.

Contrário ao projeto, Temer defende uma redução gradativa: em 2011, a jornada passaria para 43 horas; e, em 2012, para 42 horas semanais. Não haveria aumento no valor da hora extra. A PEC 231/95 prevê a redução da jornada para 40 horas e o aumento do adicional por hora extra de 50% para 75%. A proposta já foi aprovada por uma comissão especial da Câmara e precisa ser votada em dois turnos pelo plenário. Além do peso do ano eleitoral, Temer vê como impulso para a aprovação do projeto a pressão das entidades sindicais. “As centrais sindicais têm uma capacidade de mobilização extraordinária. Eles fazem passeatas e depois vão 200 líderes sindicais na minha sala numa pressão pessoal, quase física.”

De acordo com o deputado, a jornada de 40 horas traria “dificuldades” aos empresários e “problemas” ao País. “Temperança é a marca da minha gestão. A função de quem está na vida pública não é radicalizar a favor de um ou outro, mas contemporizar, encontrar uma solução intermediária que possa satisfazer a todos.

Do Sindicato do ABC

Dilma encosta em Serra, e nem começou a guerra…

Pesquisa Datafolha publicada na edição deste domingo (28) do jornal Folha de S.Paulo, mostra que a pré-candidata do PT à Presidência, ministra Dilma Rousseff, cresceu cinco pontos nas pesquisas de intenção de voto de dezembro para janeiro, atingindo 28%. No mesmo período, a taxa de intenção de voto no governador de São Paulo, José Serra (PSDB), recuou de 37% para 32%. Com isso, a diferença entre os dois pré-candidatos recuou de 14 pontos para 4 pontos de dezembro para cá.

De acordo com a nova sondagem do Datafolha, o deputado federal Ciro Gomes, pré-candidato do PSB, tem 12% das intenções de voto; e a pré-candidata do PV, senadora Marina Silva, tem 8%. Na pesquisa anterior, Ciro aparecia com 13% e Marina já possuía 8%.

A margem de erro da pesquisa, que foi divulgada neste sábado (27), é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Ela foi realizada entre os dias 24 e 25 de fevereiro. Foram ouvidas 2.623 pessoas com idades maiores de 16 anos. Destas, 9% disseram que vão votar branco, nulo ou em nenhum dos candidatos e 10% informaram que estão indecisos.

A sondagem confirma resultados de pesquisas de outros institutos, que já refletiam uma tendência de crescimento rápido da candidatura Dilma Rousseff e a queda do pré-candidato tucano.

Outros cenários

A pesquisa também apresentou um cenário sem a presença de Ciro Gomes. Nessa simulação, as intenções de voto em Serra ficam em 38% (ante 40% na pesquisa realizada entre 14 e 18 de dezembro); Dilma atinge 31% (ante 26% da pesquisa anterior); e Marina Silva fica com 10% (11% no levantamento de dezembro).

No cenário de um segundo turno, numa eventual disputa entre Serra e Dilma, o tucano aparece com 45% das intenções de voto e a petista com 41%. Ou seja, também em um eventual segunda etapa do pleito, Dilma encosta no tucano, apresentando uma diferença de apenas quatro pontos novamente. O levantamento realizado em dezembro apontava que, nessa situação, Serra teria 49% das intenções de voto e Dilma, 34%. Em outro cenário de segundo turno, Dilma vence com 48%, contra 26% de Aécio.

Aprovação recorde de Lula

A pesquisa avaliou também o índice de aprovação do presidente Lula. Na mostra, a aprovação ficou em 73% (de ótimo e bom). Na pesquisa de dezembro, este índice foi de 72%, o mais alto patamar de popularidade apurado pelo Datafolha.

É, os tucanos achavam que estava tudo dominado….

Mecânicos e Metalúrgicos em campanha salarial

Duas das maiores categorias de trabalhadores e trabalhadoras de Joinville e Região estão em campanha salarial a partir do último sábado – 27 de fevereiro. Ambas pedem aumento de 10% aproximadamente, além de outras cláusulas sociais. Os Mecânicos querem um piso único de R$ 800 contra R$ 511 e R$ 650, tomando por base a aprovação do salário mínimo estadual aprovado em 2009 e em vigor desde janeiro deste ano. A data-base é 1 de abril. Ambas as categorias não descartam paralisações para o caso do empresariado não acatar os pedidos.

Marcão Braga fora de A Notícia…

Recebi via twitter a notícia da saída do velho amigo e grande talento do jornalismo, Marco Aurélio Braga, mais conhecido como Marcão no meio jornalístico. Grande farejador de notícias, repórter investigativo premiado, Marcão tem mais bala na agulha do que o projeto atual de AN oferece. Talvez tenha sido isso o estopim para a sua saída. Não falei com ele, mas espero que o seu destino seja o melhor possível. Afinal, ele vai ser papai em breve – tava na hora né Marcão!! – e precisa ganhar a vida. Forte abraço amigo véio… e sucesso!!