PEC proíbe venda do controle acionário da Petrobras até 2050

açõesAguarda designação de relator na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 15/2014, que proíbe a venda do controle acionário da Petrobras pelo governo brasileiro até 31 de dezembro de 2050.

Atualmente, duas comissões parlamentares de inquérito (CPIs) – uma exclusiva do Senado e uma mista – investigam a Petrobras em razão de supostas irregularidades em negócios como a aquisição da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos.

De autoria da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e subscrita por outros senadores, a PEC 15/2014 acrescenta ao Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT) dispositivo para vedar a alienação, pela União, do controle acionário da Petrobras até 2050. A estatal é hoje uma sociedade anônima de capital aberto, cujo acionista majoritário é o governo brasileiro.

Em 60 anos de existência, observa Vanessa, a Petrobras mantém uma trajetória de conquistas internacionalmente reconhecidas no desenvolvimento e aplicação de tecnologias para a produção de petróleo em águas profundas. Para ela, é difícil acreditar que todos esses resultados tivessem sido alcançados se a exploração de petróleo no Brasil fosse inteiramente entregue à iniciativa privada.

Vanessa considera também a possibilidade de usar as compras feitas pela Petrobras como instrumento de política industrial, o que não seria possível caso ela fosse orientada exclusivamente pelo lucro. Do mesmo modo, não haveria incentivo para a atuação social e cultural atualmente praticada pela Petrobras, sem falar no elevado montante de recursos transferidos aos entes federados, utilizados no financiamento da oferta de serviços públicos, como saúde e educação.

Vanessa Grazziotin observa ainda que o Plano de Negócios e Gestão da Petrobras prevê investimentos de US$ 220,6 bilhões para o período 2014-2018, o equivalente atualmente a quase R$ 500 bilhões. Em 2013, foram pagos R$ 74,7 bilhões em tributos e R$ 31,3 bilhões em royalties e participações especiais. Naquele ano, as receitas foram de R$ 304,9 bilhões. Os investimentos totalizaram R$ 104,4 bilhões.

A senadora ressalta que a mais de R$ 2 bilhões são investidos em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) anualmente pela Petrobras, visando a ampliação das reservas, a extração e o refino com mais eficiência, o aprimoramento da logística de distribuição, a diversificação das fontes energéticas e a maior sustentabilidade, entre outros.

Na justificativa da proposta, Vanessa cita outros números da Petrobras: produção de 2,5 milhões de barris diários de óleo e 2,1 milhões de barris diários de derivados; reservas provadas de 16,6 bilhões de barris de óleo; 135 plataformas, sendo 55 flutuantes; 15 refinarias; 19 termoelétricas movidas a gás natural; uso de 237 navios, sendo 60 da própria Petrobras; 31,3 mil quilômetros de dutos; presença em 25 países; 86,1 mil empregados e 573,2 mil acionistas.

Do Senado.

Brasil pode sofrer novo 7X1 na economia, diz Financial Times

brasilO trauma da derrota para o time alemão por 7 a 1 na semifinal da Copa do Mundopode ganhar em breve um equivalente econômico, segundo o Financial Times.

Um texto publicado hoje no blog Beyond Brics, do site do jornal britânico, diz que o Brasil pode fechar 2014 com inflação próxima de 7% e crescimento do PIB em 1%.

Em junho, a inflação no país desacelerou mas chegou a 6,52% no acumulado de 12 meses, acima do teto da meta do governo, de 6,5%.

A avaliação de economistas é que a pressão dos alimentos sobre os preços está diminuindo, mas que a inflação acumulada só vai voltar para abaixo do teto mais para o fim do ano. Em relação ao crescimento, as perspectivas só pioram.

último boletim Focus, uma sondagem do Banco Central que compila a opinião de vários economistas e instituições, prevê que 2014 vai fechar com inflação de 6,45% e expansão de 1,05% no PIB.

O texto do Financial Times termina com uma análise do que este cenário pode significar para as eleições de outubro:

“Alguns economistas começaram a falar sobre a possibilidade de uma recessão técnica em 2014 se os dados do PIB do primeiro trimestre forem revisados para baixo no mês que vem. Para os candidatos de oposição do Brasil, esse pode ser o ‘gol contra’ que eles estiveram esperando do PT – tudo que eles precisam para ganhar eleitores no que deve ser a disputa eleitoral mais disputada dos últimos 25 anos.”

Da Revista Exame.

Frada está leiloando camisa usada por David Luiz no Chelsea, autografada por David Luiz, Ramires e Oscar!

 Camiseta Davi LuizEstá a fim de fazer uma boa ação e de quebra ganhar uma camisa do Chelsea autografada por David Luiz, Ramires e Oscar? Agorá ficou fácil! Basta participar do leilão que o grupo Frada está promovendo, o objetivo do leilão é arrecadar a maior quantia possível, o dinheiro obtido será integralmente utilizado para o pagamento de despesas veterinárias.

Para participar é muito simples, basta acessar o site clicando aqui e fazer o seu lance.

Se quiser conhecer melhor o trabalho desenvolvido pelo Frada ou ajudar sem participar do leilão basta acessar o site do grupo clicando aqui.

Boa sorte!

Por Rebeka Futuro.

Unilever busca jovens com ideias sustentáveis para mudar o mundo

unilieverA Unilever convida jovens a apresentarem soluções práticas e inovadoras para alguns dos maiores desafios de sustentabilidade do mundo. A escolha será feita através do Prêmio Unilever de Sustentabilidade para Jovens Empreendedores, que chega a sua segunda edição.

Aberto a qualquer pessoa com 30 anos de idade ou menos, o concurso busca produtos, serviços ou aplicações sustentáveis e com potencial para ganhar escala que tenham o objetivo de reduzir impactos ambientais, melhorar a saúde e o bem-estar das pessoas ou melhorar suas condições de vida e trabalho, por meio de mudanças em seus hábitos ou práticas.

O prêmio, realizado em parceria com o Instituto para a Liderança em Sustentabilidade de Cambridge (CISL) e em colaboração com a entidade Ashoka, oferece um total de mais € 200,000 em apoio financeiro e mentorias individualizadas a sete jovens vencedores. O vencedor geral também receberá o prestigiado Prêmio Príncipe de Gales de Jovem Empreendedor da Sustentabilidade.

Os sete finalistas participarão de um programa de desenvolvimento online e, em seguida, de uma oficina de aceleração de dois dias na Universidade de Cambridge, Reino Unido, onde receberão ajuda de especialistas e orientação profissional para ajudá-los a desenvolverem suas ideias.

A competição acontecerá em um ambiente virtual no Ashoka Changemakers, uma comunidade que conecta empreendedores sociais de todo o mundo para que eles possam compartilhar ideias, inspirar e ajudar uns aos outros. As inscrições devem ser feitas até 1º de agosto de 2014 e os finalistas serão anunciados em outubro. A oficina aceleradora de Cambridge e o julgamento final acontecerão em janeiro de 2015.

Quem já ganhou?

Em 2013, mais de 500 jovens empreendedores de mais de 90 países participaram da competição. Entre os projetos vencedores estão: um sistema de mensagens e troca de dados pelo celular, que monitora o suprimento de água e otimiza seu uso, na Índia; e uma ração para frangos de baixo custo feita com restos de sementes de manga, na Nigéria. Também venceram banheiros secos na zona rural do Peru e um programa de trocas para promover a educação no Nepal, no qual os filhos de agricultores de baixa renda recebem educação em troca do trabalho de seus pais em uma fazenda coletiva.

O vencedor geral – que ganhou € 50.000 e também o Prêmio Príncipe de Gales – foi Gamal Albinsaid, um jovem de 24 anos da Indonésia que atacou dois problemas da sustentabilidade com uma única ideia: converter o valor do lixo doméstico em planos de saúde para famílias de baixa renda. Esta iniciativa inspiradora está agora se tornando um modelo replicável em comunidades de toda a Indonésia.

Do Ciclo Vivo.

Aprenda a fazer buquê com filtro de café

buquesMateriais necessários:

– Palito de churrasco

– Corante rosa à base de água ( ou outra cor de sua preferência)

– Tesoura

– Cola branca

– Molde de pétala

– Pincel chato

– Filtro de café usado

Como fazer:

O primeiro passo é lavar bem os filtros, deixando-os o mais claro possível. Em seguida, insira-os em um recipiente com o corante rosa. Deixe de um dia para o outro. Ao chegar à cor desejada, espere que eles sequem para fazer as pétalas.

Pegue dois filtros, dobre-os e, com uma tesoura, retire suas costuras. Com a própria caixinha do café, faça um molde de pétala e utilize para cortar os filtros. Após cortar as pétalas de filtro, com a tesoura, puxe as pontas dando formato à flor de papel.

Use os palitos para fazer o cabo do buquê. O passo seguinte é criar as flores, cada uma deve ter de dez a quinze pétalas. Assista no vídeo abaixo a maneira correta de colar as pétalas e fazer o buquê.

Veja o vídeo explicativo clicando aqui.

Estoque alto faz imóveis usados e novos disputarem mercado

vende-seOs elevados estoques de imóveis residenciais novos estão contaminando o mercado de usados, um novo cenário de competição em meio ao crescimento lento da economia no Brasil.

Com mais unidades novas encalhadas, incluindo prontas e em construção, a consequente desaceleração de preços tem agravado a concorrência com o chamado mercado secundário, dizem especialistas consultados pela Reuters.

“Nas principais praças do Brasil tem uma competição entre os segmentos. Eu acho que o mercado secundário está um pouco mais difícil”, disse o diretor nacional de prontos do Grupo Brasil Brokers, Josué Madeira.

Como os imóveis novos tendem a apresentar um pacote maior de lazer e serviços, atraem clientes que inicialmente comprariam usados, apesar destes terem preços menores. O preço do metro quadrado de imóveis novos e usados anunciados em 16 cidades brasileiras desacelerou pelo sexto mês seguido, segundo o índice FipeZap Ampliado.

O indicador cresceu 11,7 por cento em maio na comparação anual. Em abril, o índice subira 12,2 por cento também no ano a ano.

E segundo o professor de economia do Insper, Otto Nogami, há ainda espaço para uma redução de preços no mercado de usados. “A percepção é de que os preços dos imóveis novos já estão se estabilizando. Os usados talvez caiam um pouco mais”, disse. A desaceleração nos preços dos imóveis vem acontecendo desde 2011, após ter atingido o pico no segundo trimestre daquele ano, segundo o professor titular do núcleo de estudos imobiliários da Escola Politécnica da USP, João da Rocha Lima Jr.

“Os preços hoje estão muito próximos dos de antes do novo ciclo do mercado de construção civil, em 2005.”

Estoques mais altos

Construtoras e incorporadoras já têm nos últimos trimestres priorizado desova de estoques em vez de lançamentos, diferente do que faziam em anos recentes, quando vendiam todas as unidades em uma semana.

O cenário atual deve se manter por ao menos dois a três anos, segundo o executivo da BR Brokers. Considerando as seis companhias hoje listadas no Ibovespa – Rossi, Cyrela, Gafisa, Brookfield, Even e MRV -, o estoque somava 23,7 bilhões de reais ao final do primeiro trimestre, 10,2 por cento acima do mesmo período de 2013.

Os preços para o mercado em geral podem voltar a subir daqui a um ano ou um ano e meio, segundo o professor do Insper, dependendo do ritmo da economia em 2015. Praças em Curitiba, Salvador e Brasília são algumas das mais problemáticas em termos de imóveis novos à espera de comprador.

As construtoras estão também mais rígidas na aprovação das vendas para evitar que no momento do repasse os bancos não concedam crédito aos compradores, gerando novos cancelamentos de vendas, os chamados distratos.

“Está muito claro para nós que nossa lucratividade vai retornar apenas para os níveis que nós queremos quando resolvermos a questão dos estoques prontos. Nós estamos 100 por cento focados neste problema”, disse em maio um dos presidentes-executivos da Cyrela, Raphael Horn.

Furo na bolha?

Enquanto as placas de “vende-se” ou “aluga-se” parecem aumentar, analistas do mercado afirmam que não esperam uma queda significativa de preços de imóveis residenciais.

“O mercado já está meio saturado, a tendência é se estabilizar, mas nada de estouro de bolha; não existe bolha nenhuma”, disse o professor Nogami, do Insper, para quem a demanda reprimida por imóveis no país ainda é muito elevada.

Em grandes centros como Rio de Janeiro e São Paulo, a BR Brokers estima um aumento dos preços dos imóveis residenciais de 7 a 10 por cento em 2014. No auge, o Rio de Janeiro viu os preços de moradias subirem 8,8 por cento apenas no quarto trimestre de 2010. Em São Paulo, a alta chegou a 6,6 por cento de janeiro a março de 2011.

Do Exame.

Você sabe quanto se gasta para completar um álbum da Copa?

albumO álbum é composto por 649 figurinhas. Se o colecionador quiser ser econômico e trocar os ~CROMOS AUTOCOLANTES~ repetidos, o mínimo que ele vai desembolsar é R$ 130 para comprar 130 pacotes de cinco figurinhas cada.

Se você não estiver disposto para o troca-troca, terá de gastar R$ 917 para comprar 917 pacotinhos (ou 4585 cromos no total). É o custo médio para completar o álbum da Copa sem trocar figurinhas com ninguém.

Quem fez os cálculos foi um perspicaz e generoso sacerdote do Oráculo, Sebastião de Amorim, professor do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica da Unicamp. O professor aponta que a possibilidade de uma pessoa completar o álbum comprando menos de 700 pacotinhos é de 5,2%. Comprando menos de 600, a probabilidade é de 0,25%. “Seria uma sorte muito grande”, diz Amorim.

Ou seja, o valor médio está entre R$ 130 e R$ 917, sendo que quanto mais próximo do segundo valor, mais zé tabaca o sujeito é.

Fonte: Super Interessante.

Confira o passo a passo de como preencher seu IR

IR-preencher

O prazo para entrega do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF 2014) começou nesta quinta-feira (6). É hora de milhões de contribuintes em todo o Brasil organizarem os comprovantes de rendimento, recibos de despesas médicas e escolares, entre outros documentos para fazerem a sua declaração.

Este ano, além do programa para computador, a Receita Federal também está disponibilizando um aplicativo para quem queira fazer a declaração pelo tablet ou pelo smartphone. A Receita não receberá mais as declarações em disquete, que eram entregues no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal. Os formulários de papel já haviam sido abolidos pela Receita Federal em 2011.

Deve declarar quem recebeu rendimentos tributáveis cuja a soma foi superior a R$ 25.661 em 2013, além daqueles que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, acima de R$ 40 mil, em 2013.

O prazo final para entrega da declaração será o dia 30 de abril em 2014. A multa mínima para quem não entregar no prazo é R$ 165.

Para facilitar o preenchimento das movimentações financeiras que servirão para o cálculo do imposto, o Portal EBC preparou um guia, com orientações passo a passo, para ajudar você a declarar o seu imposto de renda:

Passo a passo da declaração do imposto de renda

1. O cidadão deve reunir todos os documentos que declarem os rendimentos tributáveis, independente de ter ou não havido retenção na fonte pagadora durante o ano de 2013. Aqui estão incluídos os comprovantes de salários, prestações de serviços, aposentadorias e previdência privada. Cabe também incluir os rendimentos recebidos de pessoas físicas, como aluguéis, pensões e outros.

2. Para declarar dependentes e garantir deduções no valor do imposto, é preciso reunir informações sobre rendimento dos mesmos que sejam tributáveis. É importante que contenha todos os valores recebidos, mesmo que os números não alcancem o limite estabelecido pela Receita, que em 2014 está fixado em R$  2.063,64.

3. O próximo passo é a organização dos documentos que geram outras deduções, como despesas médicas e com educação. Gastos com saúde devem corresponder a serviços efetivamente prestados e pagos ao longo de 2013. Fornecer ou utilizar recibos médicos “frios” (falsos) é considerado crime contra a ordem tributária, sujeitando o infrator à multa de 150% e pena de reclusão de 2 a 5 anos. Vale lembrar que gastos com educação tiveram limite estabelecido, neste ano, em R$ 3.230,46 por contribuinte ou dependente. Vale declarar, na área de educação, mensalidades ou anuidade escolares. No caso das despesas médicas, a Receita não estipulou limite, mas é necessário juntar todas as notas fiscais e comprovantes. São consideradas despesas médicas os gastos com planos de saúde, cirurgias, consultas, e terapias como psicologia e fisioterapia.

4. Outro ponto importante na declaração do imposto é o arrendamento de imóvel rural, atividade frequentemente praticada pelas Usinas de Açúcar e Álcool. O tributo incide sobre a  Declaração de Ajuste Anual como aluguel e não na receita da atividade rural. Se os valores são recebidos de Pessoa Jurídica, compensa-se a fonte; se recebidos de pessoa física torna-se obrigatório o recolhimento do carnê-leão. É preciso estar atento a muitos contratos que são indevidamente considerados como associação de parceria e são, na verdade, contratos de arrendamento. Na parceria, o proprietário do imóvel participa junto com o parceiro de riscos e resultados nas proporções do contrato, sem receber uma quantia mensal fixa. Nesse caso, a tributação desses rendimentos é efetuada como atividade rural.

5. A pessoa física que reside no Brasil e recebe rendimentos de outra pessoa física ou do exterior deve fazer uso do carnê-leão, que é o recolhimento mensal obrigatório do imposto de renda para pessoas físicas. A falta do recolhimento implica em multa isolada de 50% do valor do carnê, mesmo que tenha incluído os rendimentos sujeitos ao carnê-leão na Declaração de Ajuste Anual ou ainda que não tenha sido apurado imposto a pagar na declaração de ajuste.

6. No caso de aquisições e alienações de bens imóveis, móveis e direitos pelo valor real do bem, a Receita recolherá o imposto quando houver ganho de capital, ou seja, valorização de mercado.

7. As informações bancárias que também devem ser declaradas incluem todos os saldos (contas correntes, investimentos e demais aplicações financeiras) mantidas no Brasil e no exterior em nome do declarante ou dependente, cujo valor unitário ultrapassar R$ 140,00.

8. Para declarar doações e pagamentos efetuados é necessário informar na Declaração Anual de Ajuste os pagamentos efetuados a pessoas jurídicas (nos casos de dedução na declaração do contribuinte); e pessoas físicas (quando representem ou não dedução na declaração do contribuinte, incluindo pagamentos efetuados a profissionais liberais como médicos, dentistas, advogados, veterinários, contadores, economistas, engenheiros, arquitetos, psicólogos, fisioterapeutas e também os efetuados a título de aluguel, pensão alimentícia e juros). A falta de declaração dos pagamentos acima pode acarretar em multa de 20% sobre os valores não declarados.

Dicas úteis

A Receita Federal lembra que não é aconselhável emprestar o CPF a terceiros para aquisições de bens e direitos. Além disso, também não se deve permitir que terceiros utilizem a conta bancária do contribuinte que terá que justificar a origem dos recursos.

Após a declaração ser enviada à Receita Federal, o órgão cruza os dados informados pelas fontes pagadoras com os números enviados pelos contribuintes. Esse procedimento tem como objetivo verificar a correspondência de valores e evitar fraudes. No caso de erros apurados pela malha fina, a Receita pode sujeitar o contribuinte a multa e juros.

Do EBC.