Para ela – Uma homenagem a uma mulher estendida a todas

Gi Rabello é a musa inspiradora de Salvador Neto
Gi Rabello é a musa inspiradora de Salvador Neto

Nosso editor, o jornalista Salvador Neto, foi buscar na junção entre a crônica, a poesia e a letra jornalística, a inspiração para escrever uma homenagem à sua companheira, Gi Rabello.

Por entendermos que o texto representa uma bela homenagem também a todas as mulheres neste Dia Internacional da Mulher, reproduzimos no Palavra Livre o que ele escreveu em seu perfil no Facebook, parabenizando a todas as mulheres que lutam todos os dias e fazem a diferença no mundo!

Ela tem a força invencível da mulher brasileira. Desde pequena já tinha responsabilidades em casa, cuidava dos irmãos, encarando a vida como uma adulta.

Cresceu em meio a opressão que aflige todas as mulheres, e ela ainda por questões religiosas. Mas jamais lhe faltou a garra, a vontade de vencer, e a ousadia de sonhar.

Enfrentou as dificuldades para estudar uma faculdade, para quem vem de família simples. Rompeu com dogmas, passou por cima da descrença de muitos.

Virou mãe da bela menina Rayssa, sua pequena flor, a quem protege e cuida como só as mulheres, mães, sabem cuidar. A força e o amor que só a mulher tem e sabe como usar, dar, receber, multiplicar.

Tem dentro dela uma vontade incrível, uma chama ardente por querer ser, aprender, fazer, ser uma profissional do direito, mas com aquele olhar da mulher, percebendo o humano, as diferenças, as necessidades de quem como ela, precisou derrubar barreiras, muitas vezes invisíveis.

Está chegando a sua hora de encerrar um ciclo duro, difícil, mas que forjou uma nova mulher, uma nova Gi Rabello. Daqui a pouco ela será uma advogada, pronta para defender os direitos de quem precisa. Será a sua maior vitória, merecida vitória. Mas será um novo começo, uma largada para a felicidade plena que ela merece.

Neste dia em que oficialmente se comemora o Dia Internacional da Mulher, presto essa homenagem a ela, minha companheira de todas as horas, uma mulher admirável, meiga, linda, amiga que se incomoda com qualquer problema que veja no amigo ou amiga, que deseja ver um mundo mais humano, menos individualista, mais feliz.

Minha amada Gi Rabello – Advogada em formação, você é uma grande mulher, acredite nisso, acredite sempre em você, nos seus sonhos, e tenha coragem de enfrentar todos os obstáculos, pois nada é impossível quando temos a convicção do caminho correto.

Muita amor, paz, sucesso e força sempre em sua vida, que é o que desejo a todas as mulheres neste e em todos os dias!

Essa foto mostra exatamente como você é, e como me sinto com sua ternura no dia a dia. Amo você para sempre, eternamente!”

* Escrito por Salvador Neto, jornalista, escritor e editor do Palavra Livre

 

Violência doméstica mata cinco mulheres por hora diariamente em todo o mundo

PalavraLivre-violencia-contra-a-mulher-A violência doméstica é responsável pela morte de cinco mulheres por hora no mundo, mostra a organização não governamental (ONG) Action Aid.

A informação é resultado de análise do estudo global de crimes das Nações Unidas e indica um número estimado de 119 mulheres assassinadas diariamente por um parceiro ou parente.

A ActionAid prevê que mais de 500 mil mulheres serão mortas por seus parceiros ou familiares até 2030. O documento faz um apelo a governos, doadores e à comunidade internacional para que se unam a fim de dar prioridade a ações que preservem os diretos das mulheres.

O estudo considera dados levantados em 70 países e revela que, apesar de diversas campanhas pelo mundo, a violência ou a ameaça dela ainda é uma realidade diária para milhões de mulheres.

“A intenção do relatório é fazer um levantamento sobre as diversas formas de violência que a mulher sofre no mundo. Na África, por exemplo, temos países que até hoje têm práticas de mutilação genital. Aqui, na América Latina, o Brasil é o quinto país em violência contra as mulheres. Segundo dados do Instituto Avon, três em cada cinco mulheres já sofreram violência nos relacionamentos em nosso país”, informa a assistente do programa de direitos das mulheres da Action Aid Brasil, Jéssica Barbosa.

O relatório considera as diferenças regionais entre os países e, além disso, observa o universo de denúncias subnotificadas, de mulheres que sofrem assédio, estupro ou outros tipos de violência e têm vergonha de denunciar.

“A forma de contar é sempre muito difícil, existe uma cultura de silenciar a violência contra a mulher. É a cultura da naturalização, onde há um investimento social para naturalizar a violência contra a mulher com o que se ouve na música, nas novelas, na rua. Tudo isso é muito banalizado e a mulher se questiona: ‘será que o que aconteceu comigo foi uma violência? Será que se eu denunciar vão acreditar em mim?”, diz Jéssica Barbosa.

No Brasil, a organização promove a campanha Cidade Segura para as Mulheres, que busca o compromisso do Poder Público com uma cidade justa e igualitária para todos os gêneros.

“Muitas mulheres não conseguem exercer seu direito de ir e vir. A cidade não foi pensada para as mulheres, os becos são muito estreitos e escuros no Brasil. É necessário que haja o empoderamento das mulheres para superar a situação de violência. Por mais que o Estado tenha a obrigação de garantir instrumentos, é preciso que a gente invista na autonomia dessas mulheres”, acrescenta Jéssica.

Com informaçòes da EBC

INEP, órgão responsável pelo ENEM, pode ter um catarinense na Presidência

Chico Soares deixou o INEP alegando problemas pessoais
Chico Soares deixou o INEP alegando problemas pessoais

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), José Francisco Soares, pediu demissão do cargo.

O professor entregou o pedido de demissão ontem (29) ao ministro da Educação, Aloizio Mercadante. Por meio de nota, o Inep informou que o nome do substituto de Soares só será definido nos próximos dias.

No documento entregue ao ministro, Soares justifica o pedido por “motivos pessoais”. O Inep é responsável pela organização e aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Além de definir e propor parâmetros, critérios e mecanismos para a realização de exames de acesso ao ensino superior, o órgão tem, também entre suas atribuições, a de coordenar o processo de avaliação dos cursos de graduação.

Com sólida formação acadêmica e experiência no tema da avaliação educacional, Chico Soares, como era conhecido, fez esforços para que os dados (resultados das provas) fossem contextualizados de acordo com a renda e as condições sociais dos alunos.

Trouxe informações sobre NSE (Nível Sócioeconômico) e implantou um indicador para minimizar a maquiagem das notas no Enem por Escola, muito utilizado por instituições privadas para publicidade.

Soares possui pós-doutorado em Educação pela University of Michigan Ann Arbor (2002), é mestre em estatística pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (1977) e doutor em Estatística pela University of Wisconsin – Madison (1981). Ele também é professor titular aposentado da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais).

Desgaste
Desde o fim de 2015, Soares enfrenta desgaste com os servidores do Inep, após ter apresentado uma proposta de reestruturação do órgão.

Para a Associação dos Servidores do Inep (Assinep), a mudança “desestruturava e comprometia” as finalidades do instituto. O Inep afirmou que a reforma preservava todas as suas atribuições institucionais.

“O Inep precisa é de mais investimento, mais cargos de gestão para dar conta das atribuições crescentes, funcionamento do Conselho Consultivo com a participação dos servidores, planejamento estratégico, questões até agora sem resposta”, disse a direção do Assinep, que também cobrou mais diálogo do próximo presidente.

Catarinense Alexandre Santos é cotado para assumir o cargo

Catarinense de Joinville (SC), Alexandre Santos pode emplacar presidência do INEP em Brasília
Catarinense de Joinville (SC), Alexandre Santos pode emplacar presidência do INEP em Brasília

O Palavra Livre apurou que entre os nomes cotados para assumir a presidência do instituto estão Alexandre André dos Santos, diretor de Avaliação da Educação Básica, do Inep – que tem o apoio dos servidores – e Reynaldo Fernandes, ex-presidente do órgão. Mercadante disse, em nota, que o nome para substituir o ex-presidente será anunciado nos próximos dias.

Alexandre André dos Santos é atualmente diretor de Avaliação da Educação Básica (DAEB) do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

O catarinense Alexandre é um jovem de 40 anos, casado e pai de três filhos, nasceu em Joinville e é servidor público federal concursado no INEP em Brasília.

Em seu currículo acumula a responsabilidade da implementação e coordenação do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem, prova e provinha Brasil, avaliação de alfabetização e coordenador do Programa Internacional de Avaliação de Alunos – Pisa.

Além disso, ele tem a experiência em gestão pública que acumula no Ministério desde o ano de 2004. Estudioso, é graduado e mestre em geografia e doutorando em Planejamento e Integração Econômica e Territorial pela Universidade de Leon na Espanha.

Entre 2014 e 2015 deixou o INEP para ser o secretário de Educação do município de Bombinhas (SC), a convite de sua amiga e atual prefeita, Ana Paula, conhecida como Paulinha. O Palavra Livre noticiou à época, leia clicando aqui.

Da redação do Palavra Livre com informações de Agências.

Livro infantil “Desenhando com Chimbica” será lançado neste sábado (5) em Joinville (SC)

PalavraLivre-literatura-infantil-desenhando-chimbica-valerio-mattos-jura-arrudaNo próximo sábado (5) será lançado o livro infantil “Desenhando com Chimbica – Bichinhos no Quintal”, com evento às 10 horas na Livraria A Página (Rua Dr. João Colin, 475, Centro).

A obra apresenta, entre versos e ilustrações, o passo a passo para criar os desenhos de animais a partir de formas geométricas. Idealizada pelo artista Valério Mattos, ela contou com a parceria do escritor Jura Arruda para desenvolver a parte literária.

“Desenhando com Chimbica” ganhou edição pela Editora Areia, de Joinville. O projeto foi contemplado pelo Mecenato Municipal no Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura de Joinville (Simdec) de 2015, da Prefeitura Municipal e Fundação Cultural de Joinville.

Quem dá as orientações para juntar círculos, semicírculos, triângulos e outras formas e traços é o personagem-título, Chimbica, fazendo com que o jovem leitor compreenda que desenhar também é uma questão de técnica.

Em forma de poema, as lições explicam como os símbolos podem se transformar em animais, que aparecem na história para fazer companhia para o menino.

Chimbica existe para além do papel: na verdade, ele foi criado a partir de outra forma de arte. Durante 20 anos anos, Valério Mattos foi professor de artes das redes municipal e estadual de Joinville. Foi dentro da sala de aula que nasceu o menino travesso e questionador, como um grande fantoche.

“Comecei a dar aulas de artes para os alunos do primeiro ano, que ainda não eram alfabetizados. Era necessário encontrar um jeito de ensiná-los e conquistar seu interesse” explica Valério. “Eu já levava violão e pequenos fantoches, mas o Chimbica me fez querer pesquisar como criar um boneco do tamanho dele” completa.

Com o boneco de 80 centímetros em punho, ele fez sucesso entre os estudantes. Em 2014, já no papel de autor, percebeu que Chimbica poderia ajudá-lo também em outra esfera: a do mercado.

Ele participava da Feira do Livro de Joinville divulgando seu primeiro livro, “O Mundo Mágico das Cores”,  quando sentiu que a simples permanência em um estande não chamava a atenção para o livro de um joinvilense.

“Em oito dias, eu havia vendido apenas três livros. Levei o Chimbica para contar histórias e nos dois últimos dias do evento, vendi 70 exemplares” recorda.

Aquela primeira obra, “O Mundo Mágico das Cores”, trazia a experiência de educador ao apresentar os conceitos das cores primárias em meio à história de um reino em que a população vê tudo ser transformado em branco, preto e cinza.

Em “Desenhando com Chimbica”, o estilo se repete: sem querer ser didático, Valério apresenta as formas geométricas enquanto ensina a desenhar, seguindo o modelo que utilizava com os alunos. Foi aí que o amigo Jura Arruda entrou na história.

“Eu havia criado as quadrinhas, fazendo rimas enquanto ensinava. Mas sou artista plástico e professor, não escritor. Jura foi revisar o texto e acabou assumindo o papel de transformá-lo em literatura” conta ele “Geralmente, é o ilustrador quem cria a partir do texto, mas, desta vez, fizemos o caminho inverso” destaca. Mais informações sobre autores aqui.

 

SC oferece vagas gratuitas para cursos de formação em tecnologia

PalavraLivre-cursos-gratuitos-geracao-tec-jovensO Geração TEC, programa do Governo do Estado de SC de formação profissional para o mercado de Tecnologia da Informação e Comunicação (TEC), está com 725 vagas abertas em 15 cidades catarinenses.

São 400 vagas para Marketing Digital, 200 vagas para E-Commerce e 125 para Redes Sociais. Os interessados devem se inscrever até dia 25 de fevereiro neste link.

“São cursos gratuitos e de curta duração. É uma boa oportunidade para aqueles que querem ingressar em um setor da economia que está em franca expansão no Estado”, declarou o secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Carlos Chiodini.

Para participar, é necessário ter no mínimo 17 anos, ter ensino médio completo ou estar cursando o último ano, além de conhecimentos de lógica, inglês e boa fundamentação em matemática. Mais de seis mil pessoas concluíram as capacitações do Geração TEC em Santa Catarina.

O curso de Marketing Digital será aplicado nos municípios de Blumenau, Brusque, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Jaraguá do Sul, Joinville, Lages, Palhoça, Rio do Sul, São Bento do Sul, São José e Tubarão. A capacitação em E-Commerce será nas cidades de Blumenau, Florianópolis, Joinville, Palhoça e Tubarão.

Já para quem quer participar da formação em Redes Sociais, há vagas para Chapecó, Criciúma, Itajaí, Joaçaba e São Bento do Sul.

O Geração TEC é uma parceria da SDS com entidades do setor de TIC, Instituto Internacional de Inovação (I3) e Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc).

Com informações da SDS/SC

FIES – Pré selecionados podem contratar financiamento a partir desta quinta-feira (11)

PalavraLivre-pre-selecionados-fiesO estudante pré-selecionado na chamada única do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que tiver a inscrição validada pela instituição de ensino, pode comparecer a partir desta quarta-feira à agência bancária para contratar o financiamento.

Para validar a inscrição, o estudante deve procurar a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição de ensino.

Nesta edição do primeiro semestre de 2016, foram ofertadas 250.279 vagas em 1.337 instituições de educação superior.

O Fies oferece financiamento de cursos em instituições privadas de ensino a uma taxa efetiva de juros de 6,5% ao ano. O percentual de financiamento é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante.

Participaram do processo seletivo do Fies aqueles que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e obtiveram pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de 0 na redação. O candidato precisa ter também renda familiar mensal bruta per capita de até 2,5 salários mínimos.

Com informações do Correio do Brasil

Em Joinville (SC), Casa da Cultura abre matrículas para novos alunos nesta quinta-feira (11)

PalavraLivre-casa-da-cultura-artes-cursosNesta quinta-feira (11) abre o período de matrículas para o ingresso de novos alunos da Escola de Música Villa-Lobos (EMVL) e Escola de Artes Fritz Alt (EAFA) da Casa da Cultura Fausto Rocha Júnior.

As matrículas de novos alunos no nível ‘Oficinas’ dos cursos de Instrumentos, Canto e Matérias Teóricas da Escola de Música Villa-Lobos devem ser feitas somente nesta quinta-feira (11), das 10 às 20 horas, pelo site da Fundação Cultural de Joinville. A EMVL dispõe de 187 vagas para esses cursos. O edital de matrícula da Escola de Música pode ser conferido no blog da EMVL.

Os interessados em ingressar na Escola de Artes Fritz Alt devem efetivar suas matrículas nesta quinta (11) e sexta-feira (12), também das 8h30 às 13 horas e das 14h30 às 19h30, na secretaria da Casa da Cultura. Ao todo, são ofertadas 207 vagas. O edital da EAFA está disponível no site da Fundação Cultural de Joinville.

A inscrição de candidatos para os cursos de Ballet Clássico, Jazz e Sapateado da Escola Municipal de Ballet (EMB) será realizada nos dias 18 e 19 de fevereiro, das 8h30 às 13 horas e das 14h30 às 19h30, na secretaria da Casa da Cultura.

A Escola Municipal de Ballet irá disponibilizar 237 vagas. Maiores informações podem ser obtidas no edital da EMB, que se encontra no site da FCJ.

Para a efetivação das matrículas nos cursos disponíveis nas três escolas (EMB, EAFA e EMVL) será cobrada uma taxa de matrícula de R$ 45,00 e uma taxa de material de R$ 45,00.

Aulas na rede municipal de Joinville (SC) iniciam na quarta-feira (10)

PalavraLivre-escolas-joinvilleCerca de 65 mil alunos da educação infantil e do ensino fundamental da rede municipal de ensino de Joinville iniciam o ano letivo de 2016 nesta quarta-feira (10).

São 84 escolas e 65 Centros de Educação Infantil (CEIs) preparados para receber os estudantes. E algumas unidades elaboraram atividades diferenciadas para o primeiro dia de aula.

É o caso da Escola Municipal Professora Thereza Mazzolli Hreisemnou, no bairro Jardim Paraíso. O primeiro dia de aula, na quarta-feira, será exclusivamente para os pais.

“Eles vivenciarão um dia normal de aula, como se fossem os alunos, sentindo a rotina dos filhos na escola”, explica a diretora Solange Xavier dos Santos Silva.

Os pais vão participar de homenagem cívica, farão fila para entrar na sala com o futuro professor de seu filho e participarão de atividades em sala de aula, quando os professores darão dicas para criar uma rotina de aprendizado em casa. O encontro na escola também terá direito a intervalo com lanche.

A escola está dando opções de horários para os pais participarem, mas dentro do turno ao qual o filho está matriculado.

As atividades serão realizadas das 7h30 às 9h30; das 10h às 11h30; das 13h30 às 15h30; e das 16h às 17h45. As aulas para os alunos começam no dia 11.

A unidade escolar fica na Estrada Timbé, s/n, lateral com a rua Pavo, bairro Jardim Paraíso. Estão matriculados 1.056 alunos do 1º ao 9º ano. O telefone é 3418-3033.

Na Escola Municipal Anita Garibaldi, no bairro de mesmo nome, o primeiro dia de aula está virando sinônimo de festa.

Neste ano, os alunos foram convidados a entrar no clima do tema “Anita no Havaí”. Na chegada, eles receberão um colar havaiano. A escola estará decorada e os professores e funcionários vestirão trajes havaianos.

O objetivo é quebrar a ansiedade do primeiro dia de aula, principalmente dos alunos do 1º ano, vindos da educação infantil. “Aqui não tem choro”, brinca a diretora Lucelia Izabel Fraga Krelling.

Uma apresentação de dança no estilo havaiano será realizada às 9 e às 15 horas, com alunas do 2º, 3º e 4º ano. “Elas ensaiaram duas vezes no fim do ano passado, mas continuaram os ensaios durante as férias, cada uma na sua casa. No dia 3, elas se apresentaram para os professores, e ficou perfeito”, elogia a diretora.

A escola Municipal Anita Garibaldi fica na rua Independência, 965, bairro Anita Garibaldi, e atende 380 alunos do 1º ao 5º ano. O telefone é 3455-0075.

ACTS – Escolha de vagas para professores da rede estadual para a região de Joinville (SC) começa quarta (10)

PalavraLivre-professoresComeça na quarta-feira, 10, a escolha de vagas para professores admitidos em caráter temporário (ACTs) da rede estadual de ensino.

A contratação dos educadores aprovados em edital para atuarem nas escolas vinculadas a Gerência Regional de Educação (Gered) de Joinville será feita em dois locais.

Nos dias 10, 11 e 12 serão admitidos os professores para a educação especial, intérprete de libras, séries iniciais do ensino fundamental, orientador e práticas pedagógicas. Será das 8h às 18h, no Centro de Educação Profissional (Cedup), no Itaum. No mesmo local, a partir das 18h, as vagas para o ensino profissionalizante.

Nos dias 10 e 11 ocorre à chamada para as séries finais do ensino fundamental, ensino médio, orientadores de laboratórios, e professores para educação de jovens e adultos. A escolha será das 8h às 18h, na Escola Estadual Germano Timm, no América.

“No total nós vamos chamar 984 professores, sendo que o maior número é para o segundo professor, aquele que trabalha com os alunos que tenham necessidades especiais”, comenta a gerente da Gered, Dalila Rosa Leal. Os profissionais irão trabalhar nas 62 unidades dos oito municípios da região Norte, sendo 41 em Joinville.

“Neste ano optamos por dois locais porque é grande o número de professores a serem chamados e também porque organizamos por áreas de atuação. Nosso objetivo é organizar a seleção para facilitar para os ACTs e para quem trabalha no encaminhamento das contratações”, explica Cláudia Costa, supervisora de gestão de pessoas da Gered. O quadro de vagas está no site da Secretaria de Estado da Educação (www.sed.sc.gov.br), no link ACTs 2016.

*Escolha de vagas dias 10, 11 e 12 (quarta a sexta)
No Cedup, das 8h às 18h – educação especial, intérprete de libras, séries iniciais do ensino fundamental, orientador e práticas pedagógicas

No Cedup, a partir das 18h – ensino profissionalizante

*Escolha dias 11 e 12 (quinta e sexta)
Na Escola Estadual Germano Timm, das 8h às 18h – séries finais do ensino fundamental, ensino médio, orientadores de laboratórios, ensino profissionalizante e educação de jovens e adultos

*Calendário Escolar 2016
Início do ano letivo: 22 de fevereiro de 2016

Recesso escolar: 25 a 29 de julho de 2016

Término do ano letivo: 21 de dezembro de 2016

ProUni – Pré-selecionados tem até hoje para comprovar informações

PalavraLivre-ProUni-vagas-documentacaoHoje (1º) é o último dia para que os candidatos pré-selecionados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) compareçam às instituições de ensino e comprovem as informações prestadas no momento da inscrição. A lista de selecionados está na página do programa na internet.

É responsabilidade do estudante verificar nas unidades de educação superior os horários e o local onde deve comparecer para a comprovação de informações. A perda do prazo ou a não comprovação das informações resultará na reprovação do candidato.

Entre as informações exigidas estão documento de identificação, comprovantes de residência, de rendimento dos estudantes e de integrantes do grupo familiar e comprovantes de ensino médio.

O resultado da segunda chamada será divulgado no dia 12 de fevereiro. Quem não for pré-selecionado em nenhuma das duas poderá entrar na lista de espera, do dia 26 fevereiro ao dia 29 do mesmo mês.

Por meio do ProUni, estudantes concorrem a bolsas de estudos parciais e integrais em instituições particulares de educação superior, com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

As inscrições para o ProUni foram encerradas no dia 22 de janeiro. O programa teve 1.599.808 candidatos inscritos, concorrendo às 203.602 bolsas oferecidas.

Com informações do MEC