Temer: há clima favorável para aprovação da redução da jornada

O presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer (PMDB-SP), disse hoje (01/03) em São Paulo que, se for avotação este ano, a proposta de emenda constitucional que reduz a jornada de trabalho de 44 horas para 40 horas semanais será aprovada. “Tenho sentido lá na Câmara que, em um ano como este, se a matéria for ao plenário, aprovam-se as 40 horas. Eu não tenho dúvida disso”, afirmou, em palestra a empresários.

Contrário ao projeto, Temer defende uma redução gradativa: em 2011, a jornada passaria para 43 horas; e, em 2012, para 42 horas semanais. Não haveria aumento no valor da hora extra. A PEC 231/95 prevê a redução da jornada para 40 horas e o aumento do adicional por hora extra de 50% para 75%. A proposta já foi aprovada por uma comissão especial da Câmara e precisa ser votada em dois turnos pelo plenário. Além do peso do ano eleitoral, Temer vê como impulso para a aprovação do projeto a pressão das entidades sindicais. “As centrais sindicais têm uma capacidade de mobilização extraordinária. Eles fazem passeatas e depois vão 200 líderes sindicais na minha sala numa pressão pessoal, quase física.”

De acordo com o deputado, a jornada de 40 horas traria “dificuldades” aos empresários e “problemas” ao País. “Temperança é a marca da minha gestão. A função de quem está na vida pública não é radicalizar a favor de um ou outro, mas contemporizar, encontrar uma solução intermediária que possa satisfazer a todos.

Do Sindicato do ABC

Dilma encosta em Serra, e nem começou a guerra…

Pesquisa Datafolha publicada na edição deste domingo (28) do jornal Folha de S.Paulo, mostra que a pré-candidata do PT à Presidência, ministra Dilma Rousseff, cresceu cinco pontos nas pesquisas de intenção de voto de dezembro para janeiro, atingindo 28%. No mesmo período, a taxa de intenção de voto no governador de São Paulo, José Serra (PSDB), recuou de 37% para 32%. Com isso, a diferença entre os dois pré-candidatos recuou de 14 pontos para 4 pontos de dezembro para cá.

De acordo com a nova sondagem do Datafolha, o deputado federal Ciro Gomes, pré-candidato do PSB, tem 12% das intenções de voto; e a pré-candidata do PV, senadora Marina Silva, tem 8%. Na pesquisa anterior, Ciro aparecia com 13% e Marina já possuía 8%.

A margem de erro da pesquisa, que foi divulgada neste sábado (27), é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Ela foi realizada entre os dias 24 e 25 de fevereiro. Foram ouvidas 2.623 pessoas com idades maiores de 16 anos. Destas, 9% disseram que vão votar branco, nulo ou em nenhum dos candidatos e 10% informaram que estão indecisos.

A sondagem confirma resultados de pesquisas de outros institutos, que já refletiam uma tendência de crescimento rápido da candidatura Dilma Rousseff e a queda do pré-candidato tucano.

Outros cenários

A pesquisa também apresentou um cenário sem a presença de Ciro Gomes. Nessa simulação, as intenções de voto em Serra ficam em 38% (ante 40% na pesquisa realizada entre 14 e 18 de dezembro); Dilma atinge 31% (ante 26% da pesquisa anterior); e Marina Silva fica com 10% (11% no levantamento de dezembro).

No cenário de um segundo turno, numa eventual disputa entre Serra e Dilma, o tucano aparece com 45% das intenções de voto e a petista com 41%. Ou seja, também em um eventual segunda etapa do pleito, Dilma encosta no tucano, apresentando uma diferença de apenas quatro pontos novamente. O levantamento realizado em dezembro apontava que, nessa situação, Serra teria 49% das intenções de voto e Dilma, 34%. Em outro cenário de segundo turno, Dilma vence com 48%, contra 26% de Aécio.

Aprovação recorde de Lula

A pesquisa avaliou também o índice de aprovação do presidente Lula. Na mostra, a aprovação ficou em 73% (de ótimo e bom). Na pesquisa de dezembro, este índice foi de 72%, o mais alto patamar de popularidade apurado pelo Datafolha.

É, os tucanos achavam que estava tudo dominado….

Mecânicos e Metalúrgicos em campanha salarial

Duas das maiores categorias de trabalhadores e trabalhadoras de Joinville e Região estão em campanha salarial a partir do último sábado – 27 de fevereiro. Ambas pedem aumento de 10% aproximadamente, além de outras cláusulas sociais. Os Mecânicos querem um piso único de R$ 800 contra R$ 511 e R$ 650, tomando por base a aprovação do salário mínimo estadual aprovado em 2009 e em vigor desde janeiro deste ano. A data-base é 1 de abril. Ambas as categorias não descartam paralisações para o caso do empresariado não acatar os pedidos.

Marcão Braga fora de A Notícia…

Recebi via twitter a notícia da saída do velho amigo e grande talento do jornalismo, Marco Aurélio Braga, mais conhecido como Marcão no meio jornalístico. Grande farejador de notícias, repórter investigativo premiado, Marcão tem mais bala na agulha do que o projeto atual de AN oferece. Talvez tenha sido isso o estopim para a sua saída. Não falei com ele, mas espero que o seu destino seja o melhor possível. Afinal, ele vai ser papai em breve – tava na hora né Marcão!! – e precisa ganhar a vida. Forte abraço amigo véio… e sucesso!!

Na sessão em homenagem ao ex-governador Pedro Ivo Campos

Estou agora na sessão solene em memória do ex-Prefeito e ex-Governador Pedro Ivo Campos. Tive a honra de elaborar o jornal que o PMDB queria editar em sua memória. Aprendi muito ao pesquisar a sua história, sobre o quanto é importante a luta de cada um de nós por um mundo melhor.

Pedro Ivo faz falta ao mundo político de hoje, quando faltam seriedade, respeito a coisa pública, honestidade, ética e transparência. Se vivo, certamente condenaria os mensalões, os desvios, a falta de respeito. Que sua história seja sempre resgatada para que pelo menos algumas gerações possam mudar o atual estágio de coisas.

DEM em inferno astral…

JUSTIA~1Depois do Arruda, que está preso por corrupção em Brasília, governador eleito pelo DEM – mesmo que digam que ele não é mais do partido – agora é o Kassab, de São Paulo, que está com a corda no pescoço. Também acusado de crime eleitoral, Kassab teve a perda do mandato determinada pela Justiça, e agora há pouco conseguiu reverter temporariamente a cassação. Que inferno astral o DEM passa no momento…. até mensalão acabaram criando! Deve ser praga do Lula e do PT.

Blog vai mudar a “cara”

Tudo muda na vida. Imagine então um blog não é mesmo? Desde abril de 2008 o Palavra Livre está no ar com o mesmo layout, projeto inicial deste jornalista para se comunicar com o público leitor. Agora a demanda por notícias e uma imagem mais moderna nos leva a trabalhar em uma nova “cara” para o blog que tem recebido milhares de acessos mensais.

Os estudos estão a cargo do talento da equipe da Atrative, que vai colocar toda a sua criatividade no projeto. Continue participando, contribuindo com o Palavra Livre, que logo logo vai alçar vôos ainda maiores. Obrigado a todos e todas pela participação.