Rodrigo Fachini desiste de candidatura para ser vice de Darci de Matos em Joinville

Afunilando o processo eleitoral, começam as desistências de candidaturas em favor de outras, hipoteticamente mais fortes. O vereador Rodrigo Fachini, hoje PSDB e ex-MDB, que acabou de ser aclamado como candidato a Prefeito pelos tucanos em Joinville (SC) anunciou desistência da sua candidatura para compor com o deputado federal Darci de Matos (PSD) na vaga de vice. Com certeza uma surpresa para os tucanos, mas o Palavra Livre já previa esta dança de candidaturas.

O PSDB inclusive teria uma disputa entre Fachini e o também vereador Odir Nunes, que acabou desistindo da disputa na convenção e anunciando a aposentadoria da política após oito mandatos seguidos. Esse movimento vem em conjunto com o apoio de Rodrigo Coelho, deputado federal pelo PSB, que já conversava há meses com Darci, Fachini e outros sobre os cenários, e bate com o que Coelho disse em sua nota de aviso de não candidatura, que deveriam reduzir o número de candidaturas. É cedo para avaliar o cenário, mas este ajuntamento articulado por Darci de Matos pode refletir na cabeça do eleitor, negativamente, mas para a candidatura, é um ganho sensível em tempo de tv e exército de vereadores pedindo voto nas ruas.

Espera-se para os próximos dias novos movimentos de outros partidos na maior cidade catarinense, declinando de candidaturas próprias para compor com candidaturas mais consistentes e apoiadas por suas executivas e com mais chances na disputa à Prefeitura. Consultada pelo Palavra Livre, a assessoria de Rodrigo Fachini diz que a executiva do PSDB está reunida e liberará uma nota em instantes.

Salvador Neto

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.