“Cada novo morto é na conta de Carlos Moisés”, aponta Pedro Uczai

O deputado pelo PT, Pedro Uczai, não gostou nada da nova decisão do governador do Estado, Carlos Moisés (PSL), de abrir mais um pouco as portas para o trabalho em Santa Catarina. Para ele, a conta dos mortos que podem vir à frente, vai para a conta do Governador. O desabafo foi feito em entrevista para o Portal Desacato assinada por Claudia Weinman.

“Essas atividades liberadas nessa portaria não são essenciais. A quarentena vai voltar na próxima semana com mais tragédias e cada novo morto em Santa Catarina estará na conta do governador Moisés. Enquanto isso a elite se preserva e põe a empregada doméstica dentro das casas. Recentemente no Rio de Janeiro a empregada doméstica foi contaminada pela ‘socialite’ que foi para Europa e quem morreu foi a empregada. Não vai ter proteção dentro da casa. É a vida, a vida importa. Isso é grave”.

E agora Governador!

Salvador Neto

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.