Caminhos da Neve: Federalização da SC 114 é aprovada

Uma das maiores reivindicações dos municípios da serra catarinense foi atendida pela Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público. Ao aprovar o Projeto de Lei 469/2019, de origem do governo do Estado, o colegiado autorizou a federalização da rodovia SC-114, entre São Joaquim e o entroncamento com o acesso à localidade de São Sebastião do Arvoredo.

O trecho representa os últimos 19,05 quilômetros da rota Caminho das Neves, cujas obras ainda precisam ser realizadas pelo DNIT. Com a aceitação por unanimidade do parecer apresentado pelo relator, deputado Marcius Machado (PL), o texto agora está pronto para votação final no Plenário da Alesc.

O parlamentar avalia que a desafetação da rodovia e conseqüente doação ao patrimônio da União é algo muito positivo. “Os benefícios são gigantescos, uma vez que aquecerá a economia, trazendo recursos, divisas, gerando empregos e interligando duas regiões tão importantes.”

A federalização é a etapa final para o surgimento de uma nova rota turística. As cidades de Bom Retiro, Urubici e São Joaquim, em território catarinense, estarão unidas por uma rodovia federal com os municípios gaúchos de Bom Jesus, São José dos Ausentes, Jaquirana, Cambará do Sul, São Francisco de Paula, Canela e Gramado.

Salvador Neto

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 25 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. No voluntariado, foi diretor voluntário da APAE. Escreve para vários veículos de comunicação, entre eles o jornal ND, Portal ND+ e Grupo ND em Santa Catarina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.