Estudantes ocupam o IFC de Araquari no norte de SC

palavralivre-movimento-ocupa-escolas-araquari-ifcNa madrugada desta quarta-feira, 19, foi ocupada a primeira escola de Joinville e Região. O Instituto Federal Catarinense (IFC) de Araquari foi ocupado pelos estudantes do Grêmio Estudantil IFC Araquari contra a PEC 241 – conhecida como PEC da Morte -, contra a MP 746 e em defesa da educação pública.

A ocupação foi realizada depois de assembleias feitas durante a semana, na qual mais de 150 estudantes concordaram em dar início à ocupação.

O Grêmio está se organizando de maneira autônoma, horizontal e apartidário*, inspirado nas lutas dos secundaristas de São Paulo, Paraná e Goiânia. Além de seguir uma cartilha de “Como Ocupar sua Escola”, elaborada por estudantes chilenos e argentinos em 2006.

Os estudantes pretendem manter a ocupação até o Governo Federal ceder e voltar atrás nas suas decisões de reformas e projetos para a educação, assim como nas ocupações de outros estados. Em Joinville, várias escolas estão discutindo e pensando em ocupar seus colégios.

Hoje pela manhã, a direção esteve reunida com os estudantes em negociação e pediu o fim da ocupação, durante a conversa a diretoria ameaçou os alunos dizendo que recorreria a Polícia Militar se a ocupação não terminasse.

As informações são do Movimento Passe Livre Joinville, que apoia o ato de ocupação.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, coach e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC.Tem mais de 25 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. No voluntariado, foi diretor voluntário da APAE em Joinville (SC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.