Dia do Samba – Não deixe o samba morrer…

“Deixo ao sambista mais novo o meu pedido final: não deixe o samba morrer”. O clássico de Edson Conceição e Aluísio que ficou eternizado na voz da cantora Alcione traz um sambista que “entrega o seu anel de bamba” a quem o mereça usar.

A partir dessa imagem, perguntamos a grandes nomes do samba brasileiro quem são os artistas da nova geração que mantêm o samba vivo.

Zeca Pagodinho não conseguiu escolher nenhum nome, mas justificou o porquê: “Tem muita gente boa por aí”. Nelson Sargento, sambista da Velha Guarda da Mangueira, concorda e é categórico:

“No nosso país, em todas as esquinas têm um grande compositor, o importante é achá-los”. Monarco, da Velha Guarda da Portela, também se mostrou confiante com o futuro do samba:

“acho que estamos seguros com esta nova geração. Quando a gente chegou, a velha geração nos ajudou. Agora é a vez de a gente ajudar eles”.

Veja nas fotos fotos a seguir e confira quem são os novos sambistas que “não deixam o samba acabar”. E para saber mais sobre eles, entre na matéria original clicando aqui.

 

Monarco

Martinho da Vila

Elza Soares

Beth Carvalho

Ney Lopes

Nelson Sargento

Leci Brandão

Moacyr Luz

Tantinho da Mangueira

Arlindo Cruz

Expediente:
Produção: Marília Arrigoni, Davi de Castro, Patrícia Serrão
Edição: Ana Elisa Santana e Anderson Falcão
Design e implementação: Marcelo Nogueira

Salvador Neto

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, coach e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC.Tem mais de 25 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. No voluntariado, foi diretor voluntário da APAE em Joinville (SC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.