Feira do Livro de Joinville (SC) encerra com mais de 80 mil visitantes e 100 mil livros vendidos

Com 80 mil visitantes e mais de 100 mil livros vendidos, Feira do Livro de Joinville quer dar um passo à frente em 2016.

A 13ª Feira do Livro de Joinville já tem data para acontecer: em 2016, o evento será entre os dias 1º e 10 de abril, novamente no Expocentro Edmundo Doubrawa. E, para repetir o sucesso desta edição, que, segundo a organização, reuniu um público de cerca de 80 mil pessoas, a equipe do Instituto Cultura e Educação deu início aos planejamentos da próxima Feira.

Para a idealizadora Sueli Brandão, é hora de dar um passo em frente. “Queremos trazer grandes nomes da literatura nacional e também da internacional, buscar outros convidados tão encantadores e populares quanto os que vieram esse ano”, comemora.

A intenção é reunir autores consagrados tanto no meio acadêmico quanto comercial – entre alguns nomes desejados pela organização estão os de Paula Pimenta e Thalita Rebouças, que participaram em edições anteriores da Feira com grande aceitação de público. Novamente, Maria Antonieta Antunes Cunha será a responsável pela curadoria.

O caráter educacional é outra preocupação do evento. “Nossa ideia é atrair autores infantis que tenham os livros adotados nas escolas, promover essa interação”, completa Sueli. O planejamento prevê ainda a inserção de outras manifestações artísticas na programação. “Sonhamos com um grande espetáculo musical”, adianta a idealizadora.

O evento também superou as expectativas dos expositores. O público levou mais de cem mil livros para casa, além ter experimentado uma programação recheada de contação de histórias, palestras e lançamentos de autores locais.

Somente no estande da Livraria Cosmos, de São Paulo, o expositor Daniel Alonso estima a venda de 50% do acervo, aproximadamente 20 mil títulos. O balanço é superior ao do ano passado.

Na World Livros, de São Paulo, o expositor estima um aumento de 10% nas vendas, em relação ao ano passado. “Participar da Feira do Livro de Joinville é bacana, uma honra. É uma feira que tem crescido, mostrado um potencial muito grande. As pessoas realmente gostam de ler, percebemos que os visitantes vêm atrás da leitura”, afirma o coordenador do estande, Márcio Russi. Dos 38 expositores no evento, cerca de 80% pretende voltar na próxima edição, em 2016.

Da Assessoria de Imprensa – Ronaldo Corrêa

Salvador Neto

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, coach e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC.Tem mais de 25 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. No voluntariado, foi diretor voluntário da APAE em Joinville (SC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.