Câmara abre processo seletivo de exposições temporárias para 2015

camaraAté o dia 28 de novembro, o Centro Cultural Câmara dos Deputados recebe inscrições para o processo seletivo de exposições temporárias artísticas e históricas do ano que vem.

edital contempla a seleção de projetos artísticos nas áreas de fotografia, escultura, pintura, gravura, desenho e obras em papel, entre outros. As produções institucionais históricas também podem participar, desde que sejam patrocinadas por órgãos e entidades estatais ou por organizações sem fins lucrativos.

Aos selecionados, a Câmara oferecerá os espaços expositivos, as plantas baixas com as respectivas medidas, a montagem e a desmontagem, a expografia e toda a infraestrutura necessária. Também se responsabiliza pela elaboração, impressão e distribuição de material gráfico, além da divulgação nas mídias interna e externa.

Os projetos apresentados serão analisados pela Comissão Curadora do Centro Cultural Câmara dos Deputados, e os selecionados entrarão na Agenda Cultural da Casa para 2015.

Serão aceitas inscrições pelo e-mail centrocultural@camara.leg.br ou por via postal, no endereço:

Palácio do Congresso Nacional

Câmara dos Deputados – Anexo 1, sala 1602

Praça dos Três Poderes – Brasília – DF

CEP 70160-900

Salvador Neto

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, coach e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC.Tem mais de 25 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. No voluntariado, foi diretor voluntário da APAE em Joinville (SC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.