Anão ou gigante? Brasil e Israel entram em duelo diplomático

anaoEm meio ao conflito que já matou centenas de pessoas na Faixa de Gaza, Brasil e Israel entraram nesta quinta-feira em uma briga diplomática sem meias palavras.

A animosidade teve origem quando o Ministério das Relações Exteriores publicou, na noite desta quarta-feira,uma nota de repúdio ao “uso desproporcional da força” de israelenses contra palestinos, “do qual resultou elevado número de vítimas civis, incluindo mulheres e crianças”.

O comunicado não agradou à chancelaria de Israel, que afirmou, por meio de seu porta-voz, que o Brasil é um parceiro diplomático “irrelevante”. “Essa é uma demonstração lamentável de por que o Brasil, um gigante econômico e cultural, continua a ser um anão diplomático”, disse Yigal Palmor.

O Consulado de Israel também respondeu com uma nota oficial em seu site, lamentando o fato de o Brasil “ignorar seu direito de defesa”.

“Israel espera o apoio de seus amigos na luta contra o Hamas, que é reconhecido como uma organização terrorista por muitos países ao redor do mundo”, diz ainda o comunicado.

Ao contrário do que acontece geralmente nos discursos amenos da diplomacia, o ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, rebateu as acusações e manteve a posição de reprovação contra o uso massivo de força.

“Condenamos a desproporcionalidade da reação de Israel, com a morte de cerca de 700 pessoas, dos quais mais ou menos 70% são civis, e entre os quais muitas mulheres, crianças e idosos”, disse o ministro nesta quinta.

“Se há algum anão diplomático, o Brasil não é um deles. Somos um dos 11 países do mundo que têm relações diplomáticas com todos os membros da ONU e temos um histórico de cooperação pela paz”, afirmou ainda.

Sobre o Hamas, Figueiredo lembrou que outro comunicado emitido pelo Itamaraty no dia 17 já condenava o movimento islâmico pelos foguetes lançados contra Israel.

“Israel se queixa que, na última nota, não repetimos a condenação que já tínhamos feito. A condenação que já tínhamos feito continua”, disse o ministro, enfatizando que não existe cessar-fogo unilateral.

Do Exame Notícias.[tabs tab1=”Tab 1″ tab2=”Tab 2″ tab3=”Tab 3″]

[tab id=1]Tab content 1[/tab]
[tab id=2]Tab content 2[/tab]
[tab id=3]Tab content 3[/tab]

[/tabs]

Salvador Neto

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, coach e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC.Tem mais de 25 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. No voluntariado, foi diretor voluntário da APAE em Joinville (SC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.