Vestibular de Inverno 2012 da Udesc Joinville será neste domingo (3/6)

Os 1.320 inscritos para o Vestibular de Inverno 2012 da Udesc, em Joinville, realizam as provas, neste domingo (3). A primeira etapa do vestibular será das 9h00 às 12h30, com questões objetivas de matemática, biologia, história e geografia – totalizando 60 questões, sendo 15 de cada disciplina. Na segunda etapa, que ocorrerá das 15h00 às 19h30, será realizada a redação – com tema único para todos os candidatos e relacionado a atualidades e/ou conhecimentos gerais, além das questões de física e química (15 cada), língua estrageira (10) e português (20).

É importante destacar que os portões fecham às 8h50, pela manhã, e às 14h50, na parte da tarde. Atrasos não serão admitidos. Conforme, Marnei Luis Mandler, integrante da comissão do vestibular, os candidatos devem comparecer ao local de prova com pelo menos uma hora de antecedência e levar documento de identificação com foto – que deve ser o mesmo utilizado no momento da inscrição, comprovante de confirmação de inscrição e comprovante de local de prova, que são obtidos no site da Udesc. “Apenas até às 12h00 de sábado (2), os candidatos poderão fazer o reconhecimento das salas. Depois, o acesso ao campus será fechado, por medida de segurança, e reaberto apenas para as provas, no domingo”, reforça.

O vestibular será realizado em 28 salas do Campus da Udesc Joinville, localizado na Rua Paulo Malschitzki, sem número, na Zona Industrial Norte. Diante da previsão de trânsito intenso nos horários de entradas e saídas, e considerando que o estacionamento da instituição é limitado; a organização recomenda o uso do transporte coletivo para acessar a universidade. A Linha “Bom Retiro” com saída do Terminal Norte terá os seguintes horários nesse domingo: 7h03, 7h33 e 8h02.

Para quem não puder abrir mão do automóvel, o alerta é para que não estacione no entorno do trevo de acesso ao campus, onde é proibido. Guardas de trânsito da Conurb estarão orientando o tráfego de veículos. Neste vestibular, 147 fiscais, entre servidores e alunos, irão trabalhar na aplicação das provas. Também haverá apoio de enfermagem no caso de algum candidato apresentar problemas de saúde. A alimentação, durante os intervalos das provas, poderá ser feita nos estabelecimentos localizados nos arredores do campus.

Durante a aplicação das provas, o candidato não poderá estar usando óculos escuros, cachecol, boné, chapéu ou similares, relógio, celular, bip, calculadora ou outros equipamentos eletrônicos. A Coordenadoria do Vestibular não se responsabilizará pelo extravio de quaisquer objetos ou valores pessoais. Para responder às questões, deverá ser usada caneta com tinta azul ou preta e de corpo transparente. O gabarito será disponibilizado no site www.vestibular.udesc.br após a finalização das provas, e o resultado final será anunciado até o dia 25 de junho.

O candidato poderá ingressar com recurso da divulgação do gabarito da prova objetiva, do resultado final e/ou requerer vistas das provas, no prazo de dois dias úteis, a contar do dia subsequente a data de divulgação dos resultados de cada etapa. Os recursos deverão ser entregues pessoalmente na Coordenadoria de Vestibulares e Concursos da Udesc ou enviados via Sedex à própria coordenadoria, localizada na Avenida Madre Benvenuta, 2.007, Itacorubi, em Florianópolis.

Nesta edição, os candidatos disputarão 370 vagas para os nove cursos de graduação oferecidos em Joinville: Ciência da Computação, Engenharia Civil, Engenharia de Produção e Sistemas, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Licenciatura em Física, Licenciatura em Matemática, Licenciatura em Qúimica e Teconologia em Análise de Desenvolvimento de Sistemas. O curso mais concorrido é o de Engenharia Civil com 15.38 candidatos/vaga.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.