Marcopolo anunciará novos investimentos no Brasil

A Marcopolo S.A., sediada em Caxias do Sul, RS, anunciará hoje (13/6) novo pacote de investimentos para suas operações no País e no Exterior. Os valores e a aplicação serão tornados públicos em encontro com o governador daquele Estado, e têm como objetivo preparar a empresa para atingir receita líquida consolidada de R$ 6 bilhões em 2016.

Segundo informações de mercado obtidas pela Agência AutoData está prevista ampliação do pacote de investimentos anunciado em agosto do ano passado, de R$ 350 milhões para o período 2011 a 2015. De acordo com informações preliminares o valor deverá subir para a faixa de R$ 400 milhões.

Boa parte deste acréscimo, cerca de R$ 35 milhões, será destinada a nova fábrica para a divisão Volare, de miniônibus, no município de São Mateus, na Região Nordeste do Espírito Santo. O empreendimento deverá gerar cerca de trezentos empregos diretos e o cronograma prevê início de produção em agosto de 2013.

A fábrica deverá contar com capacidade produtiva de até mil modelos Volare ao ano. Os veículos deverão seguir principalmente para os mercados do Norte e Nordeste e também para o Exterior. A facilidade logística, aponta fonte próxima às negociações, foi fator determinante para a escolha da localidade.

Desta forma a Volare tornar-se-á primeira montadora instalada no Espírito Santo – o Grupo Districar anunciara em março intenção de construir unidade no município de Linhares para produção de veículos das marcas Changan, Haima e Ssangyong, mas o investimento não foi confirmado até o momento.

A ida da Volare para a região Sudeste dificilmente representará uma transferência total da produção dos modelos desta divisão da Marcopolo para o Espírito Santo, mas sim um complemento da produção.

Hoje a Volare tem sua operação fabril centralizada em Caxias do Sul, com capacidade de produção na faixa de 5 mil unidades por ano – quase que totalmente ocupada. A linha Volare divide espaço na Unidade Planalto com a produção do microônibus Sênior, que pertence à gama Marcopolo. A capacidade total instalada desta linha é de 7,5 mil unidades/ano. A gama Volare tem 14 anos de vida e já respondeu pela comercialização de aproximadamente 45 mil unidades. A Marcopolo S.A. tem ações listadas na Bovespa e é uma das poucas multinacionais brasileiras do setor automotivo.

Da CNM/CUT

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.