Há quatro anos a vida dava uma guinada, para melhor

Neste mês de maio, quatro anos atrás, a vida deste jornalista, escritor e blogueiro dava uma guinada gigante, e para melhor. Na vida pessoal o fim do casamento abria oportunidades para retomar a vida com novos olhos, nova energia, com a cabeça aberta e a liberdade reconquistada. No plano profissional, talvez a grande oportunidade que tive, dentre tantas, que foi o trabalho nas eleições municipais de Joinville (SC), a maior cidade catarinense, com o deputado federal Mauro Mariani (PMDB/SC) disputando a Prefeitura. E o início de atividades aqui no Palavra Livre.

Tudo isso acontecendo ao mesmo tempo, coisa feita para geminiano mesmo, acostumado a fazer várias coisas ao mesmo tempo. Na campanha à Prefeitura construí novas amizades com a equipe de Mariani, e com a equipe que formei para enfrentar a batalha de comunicação de uma grande campanha majoritária, e com um estigma que a mídia havia colado no candidato, de forasteiro. Sandro Gomes, Claudia Mota, Hildy Vieira, Max Schwoelk, Daniel Baggio formaram comigo um dos melhores times em que já atuei profissionalmente. Fizemos bonito em poucos meses. Eu continuei na assessoria de Mariani na Câmara Federal, depois Secretaria de Infraestrutura de SC a seu convite, vivendo na ilha que adoro que é Floripa, e depois fazendo mais uma campanha para federal em 2010 na vitória que consagrou Mauro Mariani como o deputado federal mais votado da história política do estado. Os amigos, todos, estão muito bem e trabalhando em vários órgãos, e isso também é muito bacana. Em 2011 saí da assessoria política.

Enquanto isso este Blog crescia a olhos vistos, com participações bacanas de amigos, muitas notícias, algumas polêmicas. Ao longo destes quatro anos consegui estabelecer uma ligação forte e permanente com um público exigente, eclético, formador de opinião, crítico, mais leitor que escritor. O Palavra Livre não tem financiamento, se mantém com meus recursos próprios, mas logo logo vai obter autonomia, é apenas questão de tempo. Em breve teremos novidades, algumas mudanças para garantir maior participação dos leitores, e conquista de apoiadores. Afinal, aqui é o lugar democrático, de acesso a informações que você não tem em mídias tradicionais. E a liberdade é total.

Junto a isso tudo consegui também realizar a produção e o lançamento do livro “Na Teia da Mídia” junto com o amigo Marco Schettert, também jornalista e advogado reconhecido. Esse era um sonho antigo que adormeceu por longos sete anos, e que veio trazer luz a um fato que atingiu duramente a família Plocharski com o uso indevido da imagem de Aluísio Plocharski como sendo o criminoso conhecido como Maníaco da Bicicleta (2000), preso em 2002. Agora estamos trabalhando para por a obra nas mãos do maior número de pessoas possível para que esses erros não sejam mais repetidos. E isso, poder fazer esse trabalho, é muito gratificante.

Por tudo isso compartilho com vocês, leitores do Palavra Livre, essa fase de mudanças que às vezes não compreendemos, mas que o universo conspira, impulsiona para que aconteça. Nesses quatro anos também conheci meu amor de verdade, uma companheira maravilhosa, inspiradora, motivadora e cativante que é minha Gi Rabello. Com ela aprendi a ser uma pessoa melhor, com o apoio dela realizei vários projetos que alegraram minha vida, iluminaram nossas vidas. A ela devo amor eterno, incondicional e agradeço todos os dias ao Criador por tê-la conhecido.

Agradeço de coração a todos aqueles amigos que me ajudam com palavras de apoio, incentivo. Que apóiam com ideias, oportunidades e confiança. Tenham a certeza que a lealdade a principios básicos da vida em sociedade habitam em mim desde criança. Meus pais, e minha segunda mãe, a Tata, me ensinaram que honestidade, respeito, trabalho, solidariedade, amizade e simplicidade fazem a vida ser de paz, bela e prazerosa. Obrigado mais uma vez, e continuem comigo nesse trabalho diário de informação e jornalismo responsável. Porque faço o que gosto, gosto do que faço, e faço com prazer e alegria para todos que prestigiam o Palavra Livre. Abraços a todos, e todas!

Salvador Neto

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

5 comentários em “Há quatro anos a vida dava uma guinada, para melhor”

  1. Amei primo…. Uma parte de sua vida, su nva vida, conta em poétco texto…. Belíssimo.Um prêmio aos leitores….

  2. Obrigado amiga Léla, tuas palavras animam a continuidade da trilha que escolhi. Penso que temos de fazer aquilo que acreditamos, lutar por um mundo mais solidário, menos egoísta, mais humano. Valeu a participação, continue a nos mandar ideias, sugestões, etc… abração!!

  3. Apesar de termos cursado a mesma faculdade, quase não tivemos contato, mas o FB nos achou de novo.Continue lutando e seguindo os ensinamentos do teu pai… Baseados neles, talvez os projetos demorem mais para acontecer, do que aqueles construídos na base da mentira, da falta de ética e da “prostituição”profissional. Em contra partida, são realizações concretas, duradouras e com credibilidade. E o respeito e admiração pelo teu trabalho é algo que ninguém tira de você. Meu pai me ensinou as mesmas coisas que o teu e sempre acrescentava: Filha, mantenha sempre o teu crédito(credibilidade, no vocabulário dele), pois uma pessoa pode não ter um centavo no bolso, mas se tem a confiança das pessoas, não lhe faltará nada… Beijos.

  4. Obrigado Sabrina, a participação de amiga como você neste espaço é que inspira, e motiva, a continuar tentando fazer um papel bacana com nossa profissão, e nossa vida. Abraço!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.