Sindicato conquista reintegração de gestante demitida na LG

O Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região realizou na manhã de sexta-feira, dia 17, a reintegração da metalúrgica Sheila Cristina Campos na LG Electronics de Taubaté.

A trabalhadora gestante de 6 meses havia sido demitida de forma arbitrária pela empresa, e o Sindicato conquistou a reintegração de Sheila na 1ª Vara do Trabalho de Taubaté, por determinação da juíza Débora Wust de Proença.

A reintegração de Sheila foi determinada com base no artigo 10 da ADCT (Ato das Disposições Constitucionais Transitórias), dentro do qual fica proibida a dispensa arbitrária ou sem justa causa de trabalhadora gestante, desde a confirmação da gravidez, até 5 meses após o parto.

“Nós continuaremos trabalhando para que a mulher metalúrgica tenha seus direitos garantidos e vamos avançar com as bandeiras de luta do Sindicato como a licença maternidade de 180 dias para todas as trabalhadoras da base”, disse o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté, Isaac do Carmo.

De acordo com Isaac, o Sindicato continuará atento às posturas da LG Electronics na relação com as trabalhadoras gestantes e defendendo seus direitos. Para a dirigente sindical, Rosani Naves (Mineira), do CSE LG, o Sindicato corrigiu um grande erro que foi cometido pela empresa.

“A demissão mostra que a LG encara os trabalhadores apenas como números e não avalia o desempenho do funcionário e a questão social antes de fazer as demissões que ela acha necessário. Essa reintegração mostra a preocupação do Sindicato com as garantias sociais que todas as trabalhadoras tem conquistado em nosso país”, disse Mineira.

Fonte: Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.