Emprego industrial cresce pelo 13o. mês seguido, diz IBGE

O emprego industrial registrou variação positiva pela 13ª vez seguida na comparação com igual mês do ano anterior. Em fevereiro, a alta foi de 2,9%, segundo a pesquisa divulgada nesta sexta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Já no confronto com janeiro, o emprego industrial avançou 0,5% na série livre de influências sazonais, após ficar praticamente estável nos últimos seis meses.

No acumulado nos últimos 12 meses, houve crescimento de 3,9%, o resultado mais elevado desde o início da série histórica do IBGE.

Locais e setores

No confronto entre os meses de fevereiro, o contingente de trabalhadores avançou em 13 das 14 áreas investigadas. Os destaques ficaram com São Paulo (2,0%), Minas Gerais (4,6%), região Norte e Centro-Oeste (4,8%), região Nordeste (3,1%), Rio Grande do Sul (3,6%) e Santa Catarina (3,1%).

Em termos setoriais, houve expansão em 13 dos 18 ramos investigados. As pressões positivas mais importantes vieram das atividades de meios de transporte (8,7%), máquinas e equipamentos (6,7%), produtos de metal (7,5%), alimentos e bebidas (2,3%) e máquinas e aparelhos eletroeletrônicos e de comunicações (6,4%).

O número de horas pagas aos trabalhadores da indústria cresceu 1,1% frente ao mês anterior, na série livre dos efeitos sazonais, após ficar estável em janeiro último e crescer 0,3% em dezembro e novembro de 2010. Na comparação com fevereiro do ano passado, houve avanço de 3,2%, o 13º resultado positivo consecutivo nesse tipo de confronto.

O valor da folha de pagamento real ajustado sazonalmente cresceu 1,1% em relação ao mês imediatamente anterior, segunda taxa positiva seguida, acumulando nesse período ganho de 6,3%. No confronto com igual mês de 2010, houve avanço de 6,8%.

Fonte: Folha de S.Paulo

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.