Deputados catarinenses se unem por municípios atingidos pelas fortes chuvas

Fortes chuvas, enchentes, deslizamentos, estradas interditadas; palavras repetidas com frequência ultimamente. Em Santa Catarina não é diferente. Desde os eventos climáticos ocorridos no ano de 2008 no estado, as fortes chuvas e seus estragos se repetem. Para levar as reivindicações dos municípios catarinenses, nessa terça-feira – 22 de março, lideranças catarinenses se reuniram com o Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, e com o Secretário Executivo da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República (SRI), Cláudio Vignatti. A Bancada Catarinense vai pleitear junto ao Governo Federal o repasse dos recursos diretamente para as cidades atingidas.

Com o ministro Fernando Bezerra estiveram os deputados federais Mauro Mariani e Décio Lima e o senador Paulo Bauer, além da prefeita de Jaraguá do Sul, Cecília Konell. Os parlamentares solicitaram que os municípios que decretaram situação de emergência tenham seus processos agilizados e logo sejam contemplados. Na ocasião, Mauro Mariani entregou na Defesa Civil um apanhado de documentos do município de Corupá, com informações desde as enxurradas sofridas em abril de 2010 até os dias atuais, além de novo processo elaborado detalhando os prejuízos das chuvas que ocorreram entre os dias 10 e 13 de março de 2011.

“Precisamos de uma posição definitiva do Governo Federal. Prefeitos contam com esse dinheiro para que seus municípios se recuperem e a população possa voltar à normalidade de seus dias”, destacou Mauro Mariani. Cidades como Corupá, Jaraguá do Sul e as demais pertencentes à região da AMVALI – Associação dos Municípios do Vale do Itapocu – foram as mais afetadas com os eventos ambientais. De 2008 até os dias atuais, Jaraguá do Sul, por exemplo, decretou cinco vezes situação de emergência, porém, a enxurrada deste ano é considerada a pior da história. Quase 90% da cidade foi atingida e há mais de 400 casas interditadas.

Com Vignatti
Em reunião com o Secretário Executivo Cláudio Vignatti, os parlamentares definiram que retornarão ao Ministério da Integração Nacional com a indicação das cidades em situação mais crítica, para então negociar com o Governo o envio dos recursos diretamente para elas, diminuindo a burocracia do repasse. Mauro Mariani mais uma vez lembrou da urgência do pagamento, ressaltando que os municípios “ainda buscam solução devido às enxurradas de 2010, e neste ano já sofrem com novos eventos climáticos e estão novamente em estado de emergência”. O deputado Décio Lima reforçou a iniciativa de a Bancada Catarinense se unir neste momento para “em conjunto conseguir a liberação do dinheiro”.

A SRI é um órgão da Presidência da República, responsável pela coordenação política e por cuidar da relação do Governo com o Congresso e os partidos políticos. Estiveram presentes na audiência com o Secretário Cláudio Vignatti, os deputados federais de Santa Catarina Mauro Mariani, Décio Lima, Jorginho Mello e Pedro Uczai.

Assessoria de Comunicação

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.