Acessibilidade – Prefeitura investe em capacitação dos servidores (Boa!)

Acessibilidade_Direito_de_TodosPela importância do tema, por sua universalidade, alcance e modernidade, publico aqui texto da assessoria de imprensa da Prefeitura de Joinville sobre curso de capacitação dos servidores, parte deles, para o tema acessibilidade. Lamento que tenham esquecido de dizer que o especialista na área que defende acessibilidade há anos por todo lugar onde passa, arquiteto Mário Cézar Silveira, está palestrando para esses servidores. Mas eu faço aqui o registro ao grande Mário Cézar:

“Os mais de 250 servidores públicos municipais que participam da “Oficina de Qualificação em Acessibilidade” terão (sic) na manhã desta quarta-feira (16/3), a partir das 10 horas, uma atividade diferente. Eles experimentarão caminhar de cadeiras de rodas, muletas, andadores e óculos que simulam baixa visão ou cegueira.

Rita de Cássia Fernandes, uma das organizadoras do curso e coordenadora do Comitê de Acessibilidade de Joinville, destaca que este será um exercício importante para todos os participantes da oficina. “Além de conhecer, na teoria, a importância da infraestrutura do município ser adequada para todos os tipos de público, é fundamental que cada um sinta na pele o que é caminhar por uma calçada mal sinalizada, com buracos etc.”, salienta. Rita ainda enfatiza que será um exercício de empatia e complementará o primeiro e o segundo módulo da Oficina, que é de Sensibilização.

A “Oficina de Qualificação em Acessibilidade” é uma ação da Prefeitura de Joinville, promovida pelo Comitê de Acessibilidade do Município e Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (COMDE). É uma das ações organizadas para cumprir o compromisso público “Cidade Acessível é Direitos Humanos”, firmado no ano passado com o Governo Federal, por meio da Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos Humanos da Pessoa com Deficiência, serviço ligado à Presidência da República.

Cada secretaria, fundação e autarquia da Prefeitura disponibilizou, no mínimo, 5 servidores para participar da oficina, que repassarão as informações ao restante da equipe. Sérgio Luiz Ferreira, presidente do COMDE, destaca a importância desta qualificação quando lembra que uma cidade acessível é para todos. “Não só os cadeirantes ou deficientes visuais são beneficiados com a acessibilidade; pense nas gestantes, nos idosos e engessados, eles também precisam e na mesma intensidade. É nosso papel lutar pelo bem-estar de todos, sem exceção”, finaliza.

A “Oficina de Qualificação em Acessibilidade” teve início na segunda-feira (14/3) e se estende até o dia 1º de abril, sempre das 8 às 18 horas, na Faculdade Anhanguera (rua Florianópolis).”

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

2 comentários em “Acessibilidade – Prefeitura investe em capacitação dos servidores (Boa!)”

  1. Grande Mário Cezar, cidadão com toda a força que essa palavra pode oferecer. Estou contigo nessa tua luta, e tenha certeza que essa conscientização só vai aumentar e mudar a cultura de nossa gente. Abraço! Ah, e continue dando a honra da sua leitura, participação e comentários.

  2. Salvador, obrigado pela referência, mas acho que a maior prova de reconhecimento que a Prefeitura pode me dar, não é citar meu nome, mas fazer a mudança para a qual estou me dedicando. Mesmo sabendo que estou sendo USADO nào pretendo mudar meu foco, pois ele está acima de egoísmos e mesquinharias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.