Em parceria com o Ministério da Cultura, Sindicato anuncia 25 novos pontos de leitura

uniforja

Os trabalhadores do ABC ganharão mais 25 pontos de leitura dentro das fábricas da região. As “minibibliotecas” fazem parte do programa Leitura nas Fábricas, inaugurado em julho deste ano em Diadema.
O projeto, pioneiro no país, é resultado da parceria entre a prefeitura da cidade, Sindicatos e o Ministério da Cultura, que mais uma vez aposta no ABCD e abre caminho para a expansão dos pontos por todas as suas cidades.
A primeira etapa do programa, realizada somente em Diadema, conquistou a adesão de 10 fábricas (Apis Delta, Delga, IGP, Autometal, Legas, Grupo Papaiz, UNIFORJA, TRW, Uniferco e Metalpart).
As bibliotecas instaladas nestas fábricas contam com 600 exemplares de assuntos gerais, dois terminais de computadores ligados à internet e mobiliário.
Estima-se que esta segunda etapa do projeto beneficie mais de 20 mil pessoas entre trabalhadores e familiares. Eles terão a oportunidade de usar os espaços durante os intervalos do trabalho e também levar os livros para casa como empréstimo.
O anúncio dos 25 novos pontos de leitura será feito nesta quarta-feira, dia 15, na Sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, uma das entidades parceiras do programa, a partir das 9 horas.
Na ocasião, a entidade receberá empresas interessadas em conhecer melhor o projeto e apresentará os resultados obtidos com o programa até o momento. Também haverá uma minibiblioteca montada no local, para visitação.

Com informações do SMABC.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.