Enfim o Restaurante Popular abre as portas!

inauguracao-restpopular-11abr2008-154.jpg 

Hoje é um dia especial para pessoas como Pedro, este aí da foto, que esteve entre as centenas de pessoas que prestigiaram a inauguração do Restaurante Popular de Joinville na manhã desta sexta-feira, 11 de abril. Ele não quis conversa. Estava com fome e cansado de ouvir os discursos políticos que se sucediam. O sol estava à 35 graus, mas ele ficou firme ali, e depois enfrentou a longa fila para experimentar a comida servida pela empresa Puras, escolhida pela OS (Organização Social) que vai administrar o Restaurante, que por sua vez foi escolhida pela Prefeitura de Joinville, via Secretaria de Assistência Social.

O Restaurante Popular é uma iniciativa do Governo Federal no combate à fome em todo o país. Forma investidos R$ 800 mil de Brasília e mais R$ 250 mil da Prefeitura. A comida será servida de segunda à sexta-feira, somente ao meio-dia inicialmente, ao preço de R$ 1,00. Estiveram prestigiando o evento o prefeito Marco Tebaldi (PSDB), deputados federais Carlito Merss (PT) e Mauro Mariani (PMDB), deputados estaduais Darci de Matos (DEM) e Nilson Gonçalves (PSDB), vereador Marquinhos Fernandes (PT), Fabio Dalonso (PSDB), Tania Eberhardt (PMDB) e muitas outras autoridades. As cores partidárias se misturaram ao longo da rua Urussanga. Faixas enalteciam o governo Lula, e outras o Prefeito da cidade.

Agora é esperar que os administradores públicos trabalhem pela ampliação destes equipamentos para que pessoas como o Pedro aí de cima, mas também o Oscar Gonçalves da Maia, 85 anos, e o José Henrique de 75 anos, e tantos outros que foram conhecer de perto o Restaurante Popular, tenham a oportunidade cidadã de comer bem, de forma saudável e a um preço popularíssimo de R$ 1,00.

O fundamental nestes casos é que o interesse da população esteja acima do interesse partidário, para que obras como essa não demorem tantos anos para beneficiar a comunidade que mais precisa. E o que é melhor: na frente do Restaurante Popular havia um carro estacionado: o de um catador de materiais recicláveis. É para estes que a comida a R$ 1,00 está sendo oferecida. É preciso fiscalizar para que não ocorram abusos.

Salvador Neto

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, coach e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC.Tem mais de 25 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. No voluntariado, foi diretor voluntário da APAE em Joinville (SC).

2 comentários em “Enfim o Restaurante Popular abre as portas!”

  1. Querido amigo!
    Parabéns pelo site! Fico feliz por vc estar com a “Palavra Livre”….
    Hoje foi um dia muito especial, apesar dos pesares, com a inauguração do Restaurante Popular de Joinville. Cada vez mais o governo do Presidente Lula se solidifica com os programas de inclusão!Oportunidade para todos sem discriminação!
    Sucesso, torço muito por vc!

  2. Boa tarde Salvador. Sobre o restaurante popular: fui almoçar hoje e tenho que comentar a organização, o ótimo atendimento e a deliciosa refeição. Hoje foi, arroz (bem soltinho) feijão bem temperado (parece da mama), saladas de alface e um refogado de legumes, bife assado com molho e suco de laranja. Ótimo. Recomendo a todos. E o melhor, tudo a R$1,00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.