A volta da filosofia e da sociologia no ensino médio

Leio com grande alegria em material do Diap – Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar – que a Comissão de Educação do Senado Federal analisa a volta do ensino de filosofia e sociologia no ensino médio brasileiro. O projeto de lei complementar 4/08 que altera dispositivos do artigo 36 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), incui essas disciplinas na estrutura curricular. Que bela notícia para o futuro do país caso essa inclusão seja aprovada!

Desde a ditadura, e especialmente a partir do Governo Médici no início dos anos 1970, uma geração foi impedida de aprender a pensar, a compreender o mundo, a vida e os fatos com a retirada das disciplinas de filosofia e sociologia dos currículos escolares. Era a época em que era proibido pensar, falar e ser contra tudo o que os militares entendiam como bom para o país. A partir daí pode se compreender porque vivemos hoje em tempos tão difíceis sob o ponto de vista da alienação da juventude diante de temas da política. Os Big Brothers, Malhações e outros sub-produtos da mídia floresceram por conta deste ambiente em que pensar é muito difícil.

Se a filosofia ensina a pensar o mundo, a vida e os fatos de forma profundamente analisadora e questionadora, na procura das razões primeiras de tudo, a sociologia ensina a pensar o grupo social e as razões que os levam a tomar atitudes muitas vezes consideradas como irracionais. E isso é fundamental para o crescimento e o desenvolvimento do país, e para o fortalecimento da democracia. As pessoas que têm a perfeita compreensão do mundo em que vivem, sabem discutir seus direitos e não permitem que esses direitos lhe sejam retirados. O debate é outro, a sociedade é outra.

Por isso entendo que é preciso uma pressão por parte do setor da educação em favor desta aprovação no Congresso Nacional. Talvez a Conferência Nacional de Educação Básica que acontece em Brasília esta semana que reúne cerca de 3 mil pessoas ligados à educação possa fazer esse papel. O Brasil agradece.

Salvador Neto

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 25 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. No voluntariado, foi diretor voluntário da APAE. Escreve para vários veículos de comunicação, entre eles o jornal ND, Portal ND+ e Grupo ND em Santa Catarina.

2 comentários em “A volta da filosofia e da sociologia no ensino médio”

  1. Salvador,
    Parabéns pelo site!Gostei do visual e principalmente da variação dos temas abordados.
    Vou me esforçar para arranjar um tempinho para poder colaborar de alguma forma.
    Um abraço,
    Marquinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.